História da PHILIPS em Portugal

Separadores primários


A PHILIPS EM PORTUGAL



A Royal Philips Electronics está presente em Portugal desde 9 de Novembro de 1927, ano da criação da Sociedade Comercial Philips, com sede em Lisboa, na Rua da Betesga.

Em 1930, as instalações mudaram para a Avenida da Liberdade e em 1931, o General Óscar Carmona presidiu à apresentação da aparelhagem Philisonor que veio a equipar, nos anos seguintes, a maioria dos cinemas do País.

Um outro marco importante foi a inauguração, em 1937, do novo emissor do Rádio Clube Português, ao tempo um dos mais potentes da Europa, construído pela Philips.

Em Maio de 1940 deu-se a passagem da Sociedade Comercial Philips para uma Sociedade Anónima, sob a designação de Philips Portuguesa, S.A.R.L.

O fabrico de lâmpadas de incandescência teve início em 1943, na FAPAE – Fábrica Portuguesa de Artigos Eléctricos. Em 1949 é galardoada com o Prémio de Qualidade para a melhor lâmpada Philips produzida no mundo.

Em Dezembro de 1947 a Sede Social da empresa transfere-se para a Rua Joaquim António de Aguiar, nº66.

A televisão aparece em Portugal no ano de 1957 e, de imediato, a Philips se eleva a uma posição de relevo no mercado nacional.

A 12 de Março de 1970 é inaugurada a nova Sede, em edifício próprio, na Av. Engº Duarte Pacheco, com a presença do então Presidente da República, General Américo Tomás. O Parque Industrial de Ovar iniciou a sua actividade nesse mesmo ano, dedicando-se ao fabrico de componentes electrónicos, na sua maioria para exportação.

Em Março de 1980 começaram oficialmente em Portugal as emissões de televisão a cor e, logo no ano seguinte, a Philips atingiu uma quota de mercado de cerca de 40% do mercado de televisores.

O ano de 1993 assistiu à transferência da sede para as actuais instalações no Arquiparque – Miraflores.


Referências:
Portugal Home - História - Royal Philips Electronics: http://www.philips.pt


Comentários

Sou mais uma contemplada, na aquisição de uma TV 42 PF 7320 DA PHILIPS, comprada nas casas bahia em 15/09/06 – nota fiscal 015.934, pela qual paguei o valor de R$ 4.700,00.
Após 3 meses de vencida a garantia, a TV passou a desligar sozinha e, como muitos dos prejudicados deste respeitado site, achei que poderia ser alguma oscilação na rede elétrica, porém me atentei que os problemas começaram a aumentar, e notei que a única tv que desligava era a PHILIPS, pois possuo outra tv felizmente de outra marca, ela possui exatamente 12 anos e, até agora não me apresentou nenhum problema.
Resolvi contatar o 0800 da Philips para que me enviassem um técnico autorizado que me orientou que seria necessária a troca da placa, e que esse serviço ficaria em R$ 1.200,00, sendo que para a efetuação desse serviço a tv teria que ser retirada de minha casa.
Achei o valor cobrado um absurdo, me neguei a autorizar o serviço pagando a taxa de visita, que logicamente não foi de graça.
Entrei em contato com o SAC no 2121-0203, fui atendida por Priscila, relatei o que estava acontecendo e, o valor que haviam me passado referente ao conserto, perguntei o que a PHILIPS poderia fazer por mim afinal, estávamos falando de um aparelho com pouco mais de 1 ano de uso.Ela me pediu que aguardasse um pouco, e me retornou que era coerente o valor cobrado, continuei indignada e, ainda fui obrigada a ouvir que nada mais poderia ser feito.
Quando entrei no site do reclame aqui, não imaginava que iria encontrar tantos consumidores na mesma situação que eu e, após ler tantos relatos iguais ao meu, liguei novamente no 2121-0203, fui atendida por Tamires, relatei que já havia falado com outra atendente , somente acrescentando que estava ciente do site do reclame aqui, e que ela mais do que ninguém sabia que esse defeito era comum, não pude abrir uma reclamação formal pois estavam sem sistema, e fui orientada a enviar um e-mail para cic@philips.com. Muito indignada perguntei porque a primeira atendente não havia me dado nenhuma dessas opções, e obviamente não obtive resposta, portanto me reservo ao direito de responder pela Philips, as atendentes são orientadas a tratar-nos com este descaso para ver se desistimos, e a Philips possa engordar cada vez mais sua conta bancária.
Senhores, é óbvio que estamos diante de vício oculto e a lei é clara. No caso de vício oculto, a garantia extende-se e, independe da garantia de fábrica que normalmente é de um ano.
Pergunto à PHILIPS DO BRASIL, até quando vão nos enrolar frente à essa insatisfação geral?
Pergunto aonde pensam que vão chegar trabalhando desta forma? Estamos na era do consumidor moderno senhores
Nós consumidores gostaríamos de ter o caso solucionado sem tamanho desgaste, pois está claro que o defeito é de fábrica.
Eu, particularmente gostaria de ter o meu dinheiro devolvido, pois de nada vai adiantar me trocarem a placa sem ônus e, ter que daqui um ano passar novamente por esse stress, sem contar no transtorno de ficar sem o aparelho até que efetuem a troca.
No mais, espero que aos Senhores prejudicados como eu, não desanimem frente essas gigantes que se acham no direito de tratar-nos com tamanho desrespeito e, que juntos logicamente seremos muito mais fortes.
Aos Senhores que porventura pensem em adquirir uma Tv de plasma, fica o meu alerta
TENHAM CAUTELA NA HORA DE DECIDIR A MARCA E QUE SE CERTIFIQUEM DA GARANTIA E AO COMPROMETIMENTO DOS FABRICANTES DAS MESMAS, PARA QUE POSSAM EVITAR TRANSTORNOS FUTUROS
Cuidado com esta marca, os aparelhos tem procedência duvidosa
Mônica Cruz

Presada sofredora com a Philips. Agora sou mais um a se juntar ao grupo. Tudo o que já foi dito e escrito sobre as TVs de Plasma da Philips é a mesma coisa de sempre. Eu estive até pensando enquanto postava minha indignação contra a Philips no Reclame Aqui o seguinte: Basta um de nós começar a reclamação citando o modelo da TV e a data da compra e parar de escrever a reclamação e pedir para que um outro decepcionado continue com a insatisfação dele e um outro continue e mais outro... que no final, a estória, embora contada por várias pessoas totalmente desconhecidas será a mesma: FOMOS ENGANADOS PELA PHILIPS. A Marca, o modelo, o número de série, a data de fabricação, entre outros é semelhante aos de todos os sofredores. Aliás, tão logo eu recebi a TV eu contatei a Philips sobre a imagem e nunca recebi resposta.
O que eu gostaria de fazer é escrever um Outdoor monstruoso para mostrar a todos "eu disse todos" os usuários de tv e a futuros usuários como a Philips está nos tratando e o descaso que ela tem feito conosco. Esta já é minha segunda TV (a primeira foi uma de 32" tela plana) que substituiu esta (que deve ter substituído alguma defeitusosa. Gostaria que a direção da Philips sentisse a mesma frustração que estou sentindo ou melhor, que estamos sentindo e que mandasse reparar de vez esse VÍCIO DE QUALIDADE, pois são TVs da mesma época de fabricação e números de série seqüênciais. Portanto, fica aqui meu protesto contra a Philips e já decidi: PHILIPS, NUNCA MAIS. Prefiro errar com outra marca. Penso até que seria um bom "slogan" para uma campanha naciona, plagiando o parte do slogan da Philips: "SIMPLES E FÁCIL: PHILIPS NUNCA MAIS"

Philips nunca mais!
No Brasil os consumidores são tratados sem o menor respeito. Parece coisa de uma empresa decadente.
Minha reclamação esta aqui: h__p://www.reclameaqui.com.br/135229/philips-do-brasil-walita/tv-plama-troca-co...
Outra materia sobra a philips no Brasil pode ser vista aqui: h__p://plasmaldita42pf7320.blog.terra.com.br/

moro em vilhena RO minha tv real flat na philipis com 2 anos de uso
omtem começou a desligar sozinha 07/09/08 vejo que o meu caso não é o unico são varios comsumidores reclamando do mesmo defeito devemos se juntar e processar a philipis e pedir que reparen esse dano urgente chega de ser enganados por esse empresa basta.


Faça um donativo!

Faça um donativo!

Agora é mais fácil com Paypal!

Com o paypal.me pode contribuir para o site em qualquer moeda e em qualquer valor com a segurança desta plataforma.

Clique aqui para ajudar com o que quiser, com o que poder.