Momento de nostalgia

Separadores primários

Já todos nos habituamos à volatibilidade da Web. O que hoje existe, no momento seguinte pode já estar offline e de forma definitiva.

Na Internet a memória é muito curta e a preservação desta, pouco eficaz.

Tomando por referência a curta história da Internet, ou, melhor ainda, apontando para o início deste século e fazendo um interessante exercício de memória, quantos sites ou serviços já desapareceram? Quantas redes sociais, fóruns, blogs, completaram o seu cíclo de vida?

Uma das mais relevantes iniciativas de preservação do património depositado na Web é portuguesa. Trata-se do Arquivo da Web Portuguesa.

O projeto oficial do Arquivo da Web Portuguesa teve início em Janeiro de 2008. Independentemente de esta ser uma iniciativa oficial no que toca a arquivos da web portuguesa, a verdade é que a ideia inicial surgiu em 2001 com o chamado projeto tumba! – temos um motor de busca alternativo!, desenvolvido pelo grupo de investigação XLDB da Universidade de Lisboa e apoiado pela FCCN.

Ainda somos do tempo em que, para pesquisar conteúdo na Web portuguesa, o tumba era a melhor referência. Do cache guardado por este motor de busca nasceu a ideia de criar um arquivo histórico e em boa hora surgiu este projeto. Graças a ele recuperamos algumas páginas do início do nosso site.

São pedaços de um projeto com mais de 14 anos. Pedaços pobres em aspeto, com erros, mas importantes para a preservação da memória da rádio, dos seus sons, das suas histórias.

Retrocedamos no tempo e vejamos algumas dessas amostras.

Deixem-nos ter este momento de nostalgia.


Faça um donativo!

Faça um donativo!

Agora é mais fácil com Paypal!

Com o paypal.me pode contribuir para o site em qualquer moeda e em qualquer valor com a segurança desta plataforma.

Clique aqui para ajudar com o que quiser, com o que poder.