"des"interesse !

Separadores primários

Porque são poucos os que esqueceram os bons dias da radio, apesar de décadas decorridas, cujos anos parecendo identicos uns a outros, cada novo dia é diferente do anterior, tal como demonstrada a alegria e desejo das populações locais contarem com a radio, "a radio da sua terra", embora "alguns parasitas" viriam a negociar os alvarás que por serem naturais da própria terra, a onde algumas ocasiões exporádicas "apenas" aí se deslocavam, e o pouco que as visitavam, arrependiam-se logo de o ter feito, e são esses filhos da terra que dizem amar! e a defendem negociando o que nem lhes pertencia, sim porque, o alavará sendo concedido ao concelho só ás suas gentes pertence, esse individuo não tinha o direito de proceder dessa forma, até porque nem tinha sido ele o autor em colocar a radio no ar, bem pelo contrário apoderou-se pouco e pouco oferecendo um rebuçado a este, outro áquele, e nem se deram conta do que ele preparava desde o inicio.
Acabo de ter conhecimento "de fonte segura" que a Radio Capital já não detem o referido ALVARÁ de Paredes de Coura.
Em deslocação propositada ao local onde até á tempos existia a funcionar, o repetidor para servir a área, deparo com a destruição do edificio que actualmente se encontra em total abandono.
Ainda BEM foi feita justiça, justiça ao povo, á gente da terra, que se viu privada da sua radio local, em beneficio dum filho, que se dizia ou era julgado "gente de bem" mas que afinal demonstrou nem ser, assim tanto, entendeu, e muito BEM a Entidade Reguladora para a Comunicação Social, em 2005-12-21 por incumprimento das obrigações legais impostas aos operadores de radio, revogar o Alvará já nas maõs da RADIO VOZ DO MINHO, ldª: que embora se encontre pendente de recurso judicial para anulação da decisão. é esperada que tal nunca venha a ser, isto para Bem do povo da terra, da justiça, e da democracia.
O, ou os autores da sacaniçe deverão pagar o mal feito, e ser condenados.

A este propósito embora duma outra situação, e talvez mais caricata sucedeu recentemente numa outra Radio do Alto Minho em que a ERC deliberou instaurar proc: de contra- ordenação aplicando coima de 10.000€ pelo incumprimento do previsto no artgo18º,nº1, ao abrigo do disposto no artigo 68º, da lei da Radio.

Vem isto na sequênçia duma chamada de atenção que á tempos me foi feita por um utilizador "que respeito" mas que se fosse ele o lesado certamente pensaria, ou manisfestar-se-ia doutra forma, mas é caso para a questão?..
Então estes factos ou melhor estas ocorrênçias não terão a ver com o tema aminharadio?...
Certamente o autor não deu o corpo ao manifesto duma ou doutra forma ou maneira, como eu que tudo dei e tudo perdi!
De qualquer forma agradeço a referida chamada de atenção e oxalá nunca lhe suceda facto semelhante. muito OBRIGADO com meus respeitos.


Faça um donativo!

Faça um donativo!

Agora é mais fácil com Paypal!

Com o paypal.me pode contribuir para o site em qualquer moeda e em qualquer valor com a segurança desta plataforma.

Clique aqui para ajudar com o que quiser, com o que poder.