O homem que fez da notícia um dever cívico

Separadores primários

Em 29 de Abril de 2002, morreu o homem que fez da notícia um dever cívico.

Passam agora 6 anos sobre o desaparecimento do mais carismático jornalista, repórter e locutor da rádio Portuguesa – Fernando Pessa.

Foi repórter de guerra, foi a "voz de Londres", foi a voz contra o regime e até cantou fado...!

Fernando Pessa construiu, por seu próprio mérito, a condição e o lugar cimeiro entre os maiores comunicadores do século XX em Portugal.

Como é natural, dedicamos-lhe uma série de artigos e esta é a altura certa para os ler ou reler.

Neste espaço fala-se do homem que fez da notícia o seu maior dever, o seu dever cívico. E esta, heim?!


Faça um donativo!

Faça um donativo!

Agora é mais fácil com Paypal!

Com o paypal.me pode contribuir para o site em qualquer moeda e em qualquer valor com a segurança desta plataforma.

Clique aqui para ajudar com o que quiser, com o que poder.