Resistência variável

Separadores primários

Símbolo resistência variável

Resistência variável (potenciómetro, trimpot, preset, reóstato)

O seu valor ómico varia em função da posição de um cursor que desliza ao longo de uma resistência. Sendo o seu valor ajustável, é possível determinar de forma fina a tensão ou corrente que percorre um circuito (trimpot ou preset), regular o nível de áudio de um recetor (potenciómetro), ou regular a potência de uma lâmpada, motor, etc (reóstato).
É constituida por 2 terminais que correspondem aos extremos da resistência (carvão ou fio) e um terceiro terminal, geralmente ao centro, que é o cursor que desliza sobre o corpo da resistência.
Os potenciómetros têm um veio metálico ou plástico e uma fixação física ao chassis devido às suas dimensões.
Os trimpots ou presets são de pequenas dimensões e têm um orifício para colocação de uma chave ou parafuso. Nos casos em que é importante um ajuste fino, podem usar-se sistemas de multivolta que consistem na desmultiplicação do curso do parafuso de ajuste.
Num esquema elétrico, além do seu valor resistivo, é assinalada com as letras RV, Vr ou Pot seguida de um número que identifica a sua sequência no circuito.
P.e. Rv02 220kOhm
Vr02 220kOhm


Faça um donativo!

Faça um donativo!

Agora é mais fácil com Paypal!

Com o paypal.me pode contribuir para o site em qualquer moeda e em qualquer valor com a segurança desta plataforma.

Clique aqui para ajudar com o que quiser, com o que poder.