A não esquecer...

Separadores primários

Passam hoje 61 anos do lançamento da primeira bomba atómica. A cidade mártir foi Hiroshima, no Japão.

A guerra já estava no fim, mas os Estados Unidos nunca conseguiram digerir o ataque surpresa à sua base naval de Pearl Harbor.

Talvez já não valesse a pena qualquer ataque de grandes dimensões, mas, a pretexto de acabar mais cedo a guerra e assim poupar vidas, os EUA decidiram lançar um ataque usando uma arma completamente nova, algo que nunca tinha sido visto nem testado.

Assim, no dia 6 de Agosto de 1945, cerca das 8 horas e 15 minutos, é lançada a primeira bomba atómica.

Não satisfeitos, lançam nova bomba 3 dias mais tarde, desta vez sobre a cidade de Nagasaki.

Estimam-se em 100 mil os que morreram imediatamente, subindo este número para 220 mil com os que morreram posteriormente, vítimas de queimaduras ou da radiação.

Ainda hoje os efeitos do lançamento destas duas bombas é visível. Ainda hoje há quem sinta no corpo os seus sintomas.

Por esse motivo é muito importante não esquecer esta data e manter viva a memória do que aconteceu. Só assim se pode evitar um novo lançamento de uma destas bombas, agora sobre qualquer uma das nossas cidades e com uma potência 10 vezes superior.

Nos "Sons da história" é possível ouvir uma reportagem sobre o lançamento da bomba, bem como uma alocução ao país (EUA) do presidente Truman.

A não esquecer...


Faça um donativo!

Faça um donativo!

Agora é mais fácil com Paypal!

Com o paypal.me pode contribuir para o site em qualquer moeda e em qualquer valor com a segurança desta plataforma.

Clique aqui para ajudar com o que quiser, com o que poder.