100 anos de radiodifusão - 1900-1910: Nascimento

Separadores primários

Lembrando os 100 anos sobre o nascimento da radiodifusão, daremos início à publicação diária dos passos mais importantes que contribuíram para a evolução da rádio, enquanto meio de comunicação, informação, entretenimento e difusão de cultura entre os povos.
No fim, todos os passos serão agrupados e publicados num único artigo.

1900-1910: Nascimento

1. Invenção do telégrafo sem fios:
Guglielmo Marconi pensa numa invenção que substitua o telégrafo, ajude assegurar a segurança dos navios no mar.
Marconi emite, em 1900, o seu "S" famoso (dit do dit do dit) no código Morse entre Inglaterra e o Canadá.
6 meses antes, Landell de Moura efectua a primeira transmissão de voz, sem a utilização de fios, mas poucos repararam nisso.

2. Do telefone com fios ao telégrafo sem fios:
Os inventores como Lee De Forest e Reginald Fessenden procuram um substituto sem fios para o telefone tradicional.
A voz humana poderia ser um melhoramento interessante, não conseguido com o telégrafo, mas inventores como Marconi não consideram isto viável: Não será confidencial uma vez que todos ouvirão a conversa.

3. A primeira transmissão:
Em 1906, em Brant Rock, na noite de Natal, Fessenden tocou o seu violino, cantou uma canção, leu um ou dois versículos da Bíblia num "telefone" sem fios de sua própria invenção.
Esta foi considerada a primeira transmissão de radiodifusão porque foi projectada para mais de um ouvinte, tendo sido previamente anunciada, com a intenção de encontrar suportes financeiros.

4. LEE DE FOREST:
Provavelmente o nome mais importante no desenvolvimento da rádio, De Forest faz duas demonstrações importantes do telefone sem fios. Em 1907 equipa a frota da marinha com o seu telefone sem fios, constituído por um emissor de arco, e transmite música de um fonógrafo para várias estações costeiras, como San Francisco e New York.
Transmite, em várias ocasiões, música popular e óperas para grupos de ouvintes e alguns repórteres. Pensava já na rádio como meio de difusão da cultura.

5. Charles Herrold:
Em San Jose, Abril de 1910, Herrold publicou numa reconhecida revista artigos sobre as suas experiências usando a telefonia sem fios.
Efectuou algumas transmissões para amadores no vale de Santa Clara e fez várias conferências em universidades americanas.
Estas foram as primeiras grandes referências públicas sobre a nova invenção: a telefonia sem fios.


Faça um donativo!

Faça um donativo!

Agora é mais fácil com Paypal!

Com o paypal.me pode contribuir para o site em qualquer moeda e em qualquer valor com a segurança desta plataforma.

Clique aqui para ajudar com o que quiser, com o que poder.