Continuação N.é Hist:

Separadores primários

Pag:7
Achada a oferta mais que aceitável, como justa, regresso ao barco apresento-me á pessoa que permitiu ausentar-me, que me diz, te chamaram á ponte comando, pelo que fiquei pasmado e até algo aflito, por não saber o que pretendiam, mas pensei, queres ver que não me querem no barco, e fingi nem ouvir, reinicio o meu trabalho no mesmo local onde antes o deixara, mas de novo me é dito, via á ponte comando, ora que via que carapuça pensei, e de novo não fiz caso ao dito mas o mesmo é repetido várias vezes, que decorridos uns momentos, achei ser a melhor forma, cumprir a ordem fosse para o que fosse, pois me apercebi que tinha mesmo de ir onde mandavam, mesmo que fosse para ir embora…
Ora eu mal sabia ainda onde era a entrada, ou saída, ou outras coisas mais importantes, quanto mais a indicada, mas lá sou encaminhado para um dos elevadores, e me é dito para carregar no 7, quando ali chego já alguém me aguardava, e pergunta, então tu laboravas em Electrónica em Portugal!
Sim respondo, então precisamos de ti connosco, vem comigo, acompanho-o sem saber de quem se tratava, e acrescenta, entre nós a conversa será em Espanhol, entendes-me?...


Faça um donativo!

Faça um donativo!

Agora é mais fácil com Paypal!

Com o paypal.me pode contribuir para o site em qualquer moeda e em qualquer valor com a segurança desta plataforma.

Clique aqui para ajudar com o que quiser, com o que poder.