São quase 5 milhões

Separadores primários

Fonte: Correio da manhã
Natália Costa

O hábito de escuta de rádio pela internet tem crescido consideravelmente desde 2004, mas de acordo com um estudo da Marktest, a propósito dos 82 anos que passaram sobre as primeiras emissões regulares de rádio, os ouvintes no rádio não diminuíram.

O número dos que ouvem rádio foi, em 2006, superior ao de 1994 – altura em que a empresa começou a estudar a evolução do meio em Portugal. A média de ouvintes
com mais de 14 anos (universo do estudo) manteve-se entre os 4,5 milhões e os 4,9 milhões.

Mas a reestruturação do meio levará, segundo Rui Pêgo, a uma realidade completamente nova. O director de Programas da RDP considera que “surgirá outro meio que cruzará os três elementos: escrita, som e imagem”, transformando a rádio num “meio de comunicação transversal”. Por isso, não tem dúvidas de que “estamos no limiar de uma nova era”, que provocará uma acentuação nas alterações dos hábitos de consumo mas que este não diminuirá. “Irá até porventura aumentar”, refere.

Resto da notícia em:
http://www.correiomanha.pt:80/noticia.asp?id=232953&idselect=92&idCanal=...


Faça um donativo!

Faça um donativo!

Agora é mais fácil com Paypal!

Com o paypal.me pode contribuir para o site em qualquer moeda e em qualquer valor com a segurança desta plataforma.

Clique aqui para ajudar com o que quiser, com o que poder.