Vozes: Fernando Pessa

Separadores primários

Imagem: 
Foto de Fernando Pessa

Fernando Pessa construiu, por seu próprio mérito, a condição e o lugar cimeiro entre os maiores comunicadores do século XX em Portugal.

Homem da rádio e da televisão desde a primeira hora, o pioneirismo com que participou na equipa que lançou a radiodifusão no País com a então Emissora Nacional prosseguiu na sua conduta com a desarmante simplicidade que transmitia para o público, desta feita mais tarde, com a Radiotelevisão Portuguesa.

Fernando Pessa continua a ser hoje um exemplo para os profissionais da comunicação social, desde logo pela capacidade que demonstrou na tarefa quantas vezes tão difícil de fazer com que o jornalismo pareça afinal tão fácil. E fê-lo sem afectações, sem vaidades e sem pretensões de sobranceria.

Importa sempre relembrar o papel assumido por Fernando Pessa no decurso da Segunda Guerra Mundial. Para muitos portugueses, era esta a voz presente e denunciadora da agressão nazi na Europa e no mundo.

Como a vida demonstrou, em Portugal, a ditadura fascista não perdoou essa coragem e só em 1976 teve lugar a sua admissão nos quadros da Televisão. Na rádio, tal nunca chegou a acontecer. No entanto, a sua vitalidade não desarmou: a homenagem com que foi distinguido há mais de 10 anos já então lhe conferia o título de decano mundial dos jornalistas, tal como foi afirmado.


Faça um donativo!

Faça um donativo!

Agora é mais fácil com Paypal!

Com o paypal.me pode contribuir para o site em qualquer moeda e em qualquer valor com a segurança desta plataforma.

Clique aqui para ajudar com o que quiser, com o que poder.