Pioneiros da rádio - Pg2

Separadores primários


OS PIONEIROS NO MUNDO DA RÁDIO



Réplica do transmissor


Página 2 de 4
  • A. Brondell
  • Nascido em Chaumont ( França ), no ano de 1863, graduou-se na Universidade de Paris especialisando-se no estudo das ondas eléctricas. Em 1893, inventou o "Oscilógrafo" , um instrumento que permite observar as curvas oscilantes de corrente ou tensão alternada de um sinal. Em 1902, patenteou um método para produzir oscilações elétricas para telefonia sem fios.


  • Frank Conrad 1874-1941
  • Rádiomador, estação 8XK depois autorizado como KDKA, localizada na sua garagem em Wilkinsburg, na Pennsylvania, foi um dos precursores que deu crescimento à " Broadcasting ". Cedo, a sua experiência com rádio lhe proporcionou a oportunidade de construir sensíveis receptores para ter notícias dos sinais do tempo, provenientes do Observatório Navail de Arlington, VA. Conrad deixou a escola no 7º grau para trabalhar. Foi transferido para o departamento de testes na Westinghouse logo após entrar nesta empresa em 1890. Tornou-se engenheiro geral em 1904 e engenheiro chefe assistente em 1921. Supervisionou o desenvolvimento de equipamentos transmissores entre outros serviços . Recebeu o título honoris causa de Doutor em Ciência, da Universidade de Pittsburgh em 1928.


  • L. Dubilier
  • Nascido em Nova York em 25 de julho de 1888, foi Presidente e Director técnico da Dubilier Condenser and Radio Corp. ( N.Y. ) e membro de várias sociedades. Foi autor de umas 300 patentes sobre dispositivos elétricos.


  • Thomas Alva Edison 1847-1931


  • Imagem animada 
com vários retratos de Edison ao longo da sua vida


    Nascido em Milan, Ohio, Edison era uma criança inquieta. Com 10 anos, já tinha montado um pequeno laboratório químico no porão de casa, baseado em livros elementares de ciências e física. Gostava do estudo da química e da produção de corrente eléctrica especialmente atravéz da garrafa voltaica obsorvendo os principios e logo montando e operando um aparelho de telégrafo caseiro. Obteve uma posição como um operador especialista noturno na Western Union Telegraph Company em Boston em 1868; durante o dia dormia, para logo iniciar as suas experiências em manipular correntes elétricas com novos métodos. Foi-lhe emprestada uma pequena soma em dinheiro de um conhecido, deixou seu trabalho no outono de 1868 e tornou-se um inventor recebendo a sua primeira patente para um registador de voto eléctrico, mas a máquina foi recusada pelas autoridades eleitorais. No verão de 1869 estava em Nova Iorque e dormia num porão debaixo de Wall Street. Num momento de crise na Bolsa de comércio de Ouro causado pelo desarranjo no indicador de preço do novo telégrafo "Stock-Ticker" do escritório, fabricado pela firma Stock-Ticker, Edison foi chamado para tentar consertar o instrumento; ele o fez tão habilmente que foi contratado como seu supervisor. Logo tinha remodelado a irregular máquina tão profundamente, que os seus donos, a Western Union Telegraph Company, solicitaram a remodelação na impressora que há pouco entrara em uso. O resultado foi uma nova Impressora Universal que, junto com vários outros inventos derivados do telégrafo de Morse, lhe trouxe uma súbita fortuna de $40,000. Com este capital montou uma oficina em Newark, Nova Jersey, para montagem de relógios marcadores de Ticket e impressoras ( printers ) de alta velocidade para telegrafia. Em 1876 Edison deixa a fábrica de Newark e muda-se para uma vila de Nova Jersey, ( village of Menlo Park ) para montar um laboratório onde poderia dedicar toda a sua atenção à invenção. Tomando como ideal montar uma invensão a cada dez dias e um grande projecto a cada seis meses, propôs-se também fazer novas invensões e novos projectos sob encomenda. Sem que esperace, em pouco tempo acumula encomendas de 40 projectos diferentes ao mesmo tempo, solicitando 400 patentes num ano. Em setembro de 1878, depois de ter visto uma caríssima exibição de uma série de oito luzes " 500-candlepower" ( luzes de arco ) que quase cegavam os presentes , Edison anunciou corajosamente que inventaria uma luz eléctrica moderada e barata que substituiria o gaslight em milhões de casas, além disso, realizaria isto através de um método completamente diferente de distribuição de energia em relação aactualmente empregada para as luzes de arco. Para apoiar Edison no esforço de produzir a nova lâmpada, várias figuras importantes do mundo financeiro de Nova Iorque uniram-se em outubro de 1878 para formar a Edison Electric Light Company, predecessora da General Electric Company. Em 21 de outubro de 1879, Edison demonstrou a lâmpada de filamento de carbono, provida de corrente por dínamos de alta tensão especiais. A estação piloto de geração de energia em Menlo Park funcionou com um circuito de 30 luminárias que podiam ser ligadas ou desligadas uma a uma sem afecctar o resto. Três anos depois, a central de energia no centro da Cidade de Nova Iorque foi completada e inicia a iluminação elétrica das cidades do mundo. Em 1887 Edison move os seus stands de demonstração de Menlo Park para West Orange, Nova Jersey onde constroi o Laboratório Edison (agora um monumento nacional), uma construção 10 vezes maior que o anterior. Com fábricas empregando 5,000 pessoas e produzindo uma variedade de novos produtos entre eles mimeógrafos, o fonógrafo de cera, , fluoroscópio, baterias de armazenamento alcalina, máquina de imprimir, máquinas fotográficas e projectores de filme. Ao longo da sua carreira, Edison dirigiu os seus estudos conscientemente para dispositivos que poderiam satisfazer as reais necessidades de uso popular das pessoas. Realmente, pode dizer-se que aplicou a tecnologia cumprindo os ideais da democracia, centrando a sua atenção em projectos que aumentaram a conveniência e o prazer do ser humano.


  • Michael Faraday 1791-1867
  • Físico e químico Inglês nascido em Londres, Faraday é considerado por muitos como um dos maiores cientistas experimentais de todos os tempos, sendo considerado também um teorista brilhante. As teorias dele no campo do magnetismo foram adoptadas posteriormente por Maxwell, sendo uma parte, aplicada na teoria da relatividade de Einstein. Possuindo educação básica ( sabia ler e escrever ) e alguns conhecimentos em matemática, ele começou a vida como aprendiz de livreiro e encadernador. Aproveitou todos os momentos de folga para ler, ao ponto de redigir um artigo sobre electricidade numa enciclopédia. Isto mexeu com seu interesse no assunto, tornando-se um criador na ciência da electroquímica. Um homem profundamente religioso, muito do trabalho dele parece ter sido influenciado pela convicção na harmonia divina do universo. As Leis de Faraday incluem a Lei da Indução, Lei da Electrólise, a Segunda Lei da Electrólise. O Farad - uma unidade de capacidade, foi dado em sua homenagem.


  • Hans Christian Oersted 1777-1851
  • Físico e químico dinamarquês, iniciou o estudo do electromagnetismo e foi o primeiro a isolar o alumínio. Oersted é o nome dado à unidade da "Relutância", por outras palavras, a resistência magnética oferecida por um centímetro cúbico de vácuo.


  • Reginald Aubrey Fessenden 1866-1932


  • Foto de 

Fessenden


    Canadiano, nascido em Bolton Oriental, Quebec trabalhou como Químico em New York, e depois nos Laboratórios de Edison em New Jersey. Entre as suas patentes, estava o detector eletrolitico - mais sensível que outros métodos de deteção, o sistema "duplex de radiotelefonia" e o processo de ' heterodinação' de um sinal - mistura de um sinal com outra frequência para criar uma 'soma' e uma 'diferença' da freqüência original. Colaborou com Alexanderson no desenvolvimento do alternador de alta frequência. Pessoalmente, era dito como sendo um pouco arrogante - usando frases como ' não tente pensar - não tem cérebro para isso'. Obteve mais de 500 patentes em toda a sua vida, sendo muitas, para os avanços na arte do rádio.


  • John Ambrose Fleming 1849-1945
  • Fleming nasceu em Lancaster, Inglaterra, estudando electricidade e matemática com James Clerk Maxwell. Ele serviu em várias companhias de iluminação eléctricas como conselheiro e engenheiro, foi consultor científico para a Companhia de Marconi de 1899-1905. Além do trabalho teórico, era activo na aplicação prática das suas ideias. Fez melhorias em luminárias elétricas, geradores, e muitas peças de aparelhos de radiotelegrafia. Em 1881 entrou para a Edson Electric Light Company em londres, onde trabalhou durante 10 anos. Este grande inventor era intimamente ligado às experiências feitas por Marconi e era um dos responsáveis pela estação de Poldhu quando o cientista italiano fez a sua primeira transmissão através do canal da mancha. Em 1904, enquanto procurava um detector melhor para os sinais de telegrafia sem fios, relembrou os trabalhos de Edison em 1880 - e o fenômeno conhecido como Efeito Edison. Cconstruiu uma lâmpada com um cilindro de metal cercando o filamento, instalou arames para fora da lâmpada - descobrindo a sua célebre válvula diodo ( primeiro detector eletrônico das ondas de rádio) . Esta válvula foi a primeira utilizada em rádio e é a origem de todas as utilizadas posteriormente. Publicou um grande número de trabalhos e pertenceu a numerosas sociedades científicas, recebendo várias medalhas da Real Sociedade de Ciências, mas foi a invensão da válvula electrônica que lhe trouxe fama. Faleceu em 1945 época em que o rádio ja era uma instituição a nivel mundial.


  • Lee De Forest 1873-1961
  • Nascido em Council Bluffs, Iowa, Lee Deforest fez a maior contribuição para a rádio e a electrônica com a invenção da válvula Triodo. Se Edson inventou a lâmpada de incandescência e Fleming a válvula de dois eletrodos ( o diodo ) que foi um enorme avanço para a rádio, Lee de Forest fez o inimaginável ao introduzir o terceiro elemento na válvula de Fleming. A rádio entrou numa nova era e a válvula nunca mais deixou de ser usada nem mesmo depois da introdução do transistor em 1947. A válvula de trez ou mais eletrodos continua a ser utilizada actualmente e assim continuará por muitos anos. Embora tenha inundado o seu escritório com patentes e idéias, só umas poucas entre mais de 300 patentes se provaram importantes. Nos inicios da rádio instalou muitos transmissores de radiofrequência sem fios, tornando-se um dos mais famosos entre as companhias existentes. Porém faltou compreenção empresarial, e foi enganado por vários sócios. Concentrou os seus esforços nas exibições de imagens em movimento nos anos 1920, reclamando que o campo da rádio e os seus subprodutos estavam se tornando muito concorridos. Anos depois, é encontrado a processar outros inventores - nomeadamente Howard Armstrong - por suposta infracção às suas patentes.


Página 3


Faça um donativo!

Faça um donativo!

Agora é mais fácil com Paypal!

Com o paypal.me pode contribuir para o site em qualquer moeda e em qualquer valor com a segurança desta plataforma.

Clique aqui para ajudar com o que quiser, com o que poder.