Pioneiros da rádio - Pg4

Separadores primários


OS PIONEIROS NO MUNDO DA RÁDIO



Réplica do transmissor


Página 4 de 4
  • William Gilbert 1544-1603
  • Nascido na Inglaterra, serviu a Rainha Elizabeth I como médico. Durante a sua vida, executou muitas experiências no campo do magnetismo, oferecendo as primeiras teorias compreensíveis sobre o magnetismo, baseado na sua suposição de que a Terra era um grande imã . Os modernos pilotos de aeronave utilizam pelo menos duas das suas descobertas: Mergulho Magnético e Variação Magnética de uma bússola.


  • P. Roberto Landell de Moura

  • Foto do Busto de Landell


    Comete-se uma injustiça a um cientista brasileiro, predecessor de Marconi e de outros. Padre Roberto Landell de Moura, gaúcho, nascido em 21 de janeiro de 1861. O padre-cientista, construiu diversos aparelhos que expôs ao público na capital paulista em 1893, tais como:
    o Teleauxiofono ( telefonia com fio )
    - o Caleofono ( telefonia com fio )
    - o Anematófono ( telefonia sem fio )
    - o Teletiton ( telegrafia fonética, sem fio, com o qual duas pessoas podem comunicar sem serem ouvidas por outras )
    - o Edífono ( destinado a ducificar e depurar as vibrações parasitas da voz fonografada, reproduzindo-a ao natural )
    Nesta ocasião, estabeleceu os princípios básicos em que se fundamentaria todo o progresso e a evolução das comunicações, tal como conhecemos hoje. As suas teses, firmadas antes de 1890, previram a "telegrafia sem fio", a "radiotelefonia", a "radiodifusão", os "satélites de comunicações" e os "raios laser". No ano de 1900, enquanto o grande feito de Marconi não ultrapassava a distância de 24 quilômetros, o Padre Landell de Moura obtinha do governo brasileiro a carta patente nº 3279, reconhecendo-lhe os méritos de pioneirismo científico, universal, na área das telecomunicações. Em 1901, o Padre Landell de Moura, embarcou para os Estados Unidos e em fins de 1904, o The Patent Office at Washintong concedeu-lhe três cartas patentes: para o telégrafo sem fio, para o telefone sem fio e para o transmissor de ondas sonoras. Poderia considerar-se o Padre Landell de Moura o precursor nas transmissões de vozes e ruídos. As suas patentes demonstram isso.


  • Guglielmo Marconi 1874-1937


  • Provavelmente, o nome mais associado à invensão do rádio em todo o mundo, devido às suas descobertas no campo da transmissão e recepção de sinais sem fios. Nascido numa família muito próspera na Bolonha, Itália, Marconi cursou a Universidade de Griffone, abandonando-a para se dedicar às suas investigações sobre as ondas hertzianas. É considerado o descobridor da telegrafia sem fios, por ter coordenado todos os esforços dos principais investigadores da época. Em 1896, Marconi recebe na Inglaterra uma patente sobre " Aparelho de transmissão de impulsos eléctricos e de sinais" no qual se utilizava o Excitador de Hertz, o Cohesor de Branly e a Antena de Popov. Marconi recebeu uma infinidade de condecorações pelo seu incansável trabalho de investigação no campo das comunicações. Foi membro da maioria das entidades científicas e Presidente da Academia Real Italiana, tendo recebido o prémio Nobel de Física em 1909.


  • James Clerk Maxwell 1831-1879
  • Célebre físico e matemático nascido na Escócia e morto nesta mesma cidade, é considerado o fundador da teoria electromagnética, desenvolvendo vários estudos no campo dos fenômenos electromagnéticos. Cursou os seus estudos na Universidade de Edimburgo e depois em Cambridge. Graças às suas qualidades, pôde ingressar no "Trinity College", onde terminou os seus estudos quatro anos mais tarde. Baseando-se em trabalhos de Faraday, Thomson, Coulombe e Ampère, os seus principais apontamentos na ciência física são: a teoria que leva o seu nome conhecida como "Teoria Electromagnética da Luz", o seu famoso tratado "Electricidade e Magnetismo" e muitos outros. A Comissão Electrotécnica Internacional reunida em Oslo em 1931, resolveu dar o nome de Maxwell à unidade de fluxo magnético em memória deste famoso sábio. Maxwell não chegou a conhecer nenhuma onda produzida por métodos eléctricos, visto que somente depois da sua morte se conseguiu alcançar este objectivo.


  • Alexander Meissner
  • Nascido em Viena ( Austria ) em 1883, foi um grande estudioso da rádio. Uniu-se à Telefunkem em Berlin no ano de 1907 tornando-se uma das maiores autoridades da rádio na Alemanha. A ele se devem centenas de inventos.


  • Samuel Finley Breese Morse 1791-1872

  • Samuel Morse


    Samuel F. B. Morse, pintor e inventor, teve um pequeno treino em electricidade mas percebeu que a corrente eléctrica poderia transportar informação. Nascido em Charlestown, Massachusetts, filho primogênito do Reverendo Jedidiah Morse e sua esposa, Elizabeth Ann Breese, Samuel Morse frequentou a Academia Phillips em Andover, Massachusetts, e entrou na Faculdade de Yale em 1805 formando-se em 1810. Em 1811, mudou-se para Londres permanecendo durante 4 anos recebendo lições de desenho e pintura do célebre pintor Benjamin Went. Pintou uma grande quantidade de quadros destacando o retrato do general Lafayette que lhe valeu uma medalha de ouro. Morse recebeu três patentes em bombas mecânicas em 1817 com o seu irmão, Sidney Edwards Morse. O interesse de Samuel Morse em telegrafia começou em 1832, e os elementos do sistema de comutação foram idealizados em 1835. O equipamento foi melhorado gradualmente sendo demonstrado em 1837. Recebeu uma patente em 1840, e o Congresso norte americano deu-lhe a quantia de $30,000 para construir uma linha entre Washington e Baltimore. A primeira mensagem "Que Deus seja Louvado" nesta linha foi enviada em 24 de maio de 1844. Em 1861 as duas costas dos Estados Unidos foram unidas através do telégrafo. O " Código Morse " foi inventado por Morse, e Alfred Vail, seu assistente por volta de 1840. O código original foi simplificado em 1851, e é chamado "código Morse International".


  • S.R. Mullard
  • Nasceu na Inglaterra em 1884, onde realizou várias experiências com válvulas electrônicas. Após participar da primeira guerra mundial como capitão defendendo a Inglaterra contra a Alemanha, Sir S.R. Mullard funda a MULLARD Radio Valve Company, em 1920. A fábrica, localizada originalmente em Nightingale Road Balham, ( Londres ), começou com o fabrico das conhecidas válvulas Mullard, as quais tinham como logotipo as letras PM de "PURA MÚSICA" ou "Pure Music" no inglês. Influenciado pela grande quantidade de rádios na época, inicia o fabrico de receptores em Blackburn Lancashire com o mesmo nome das válvulas que já era bastante conhecido.


  • Greenleaf Whittier Pickard
  • Engenheiro electricista nascido em Portland ( Maine ) em 14 de fevereiro de 1877. Estudou em Harvard e Massachussets, dedicando especial atenção à telegrafia e telefonia sem fios. Pickard descobriu e patenteou em 1907 um detector de ondas que chamou de "Detector de PERICKON", ( PERfect pICK and CONtact ) baseado no emprego de certos cristais naturais como a galena, calcopirita, grafite, zincita, molibdenita, e também com outros cristais artificiais que possuem a propriedade de deichar passar as ondas electromagnéticas somente num sentido. A descoberta foi um grande avanço para a radiorecepção, pois até então, não havia sido possível obter resultados satisfatórios na recepção das ondas hertzianas, visto que o Cohesor de Branly que até então se empregava, possuia baixa sensibilidade e falta de fidelidade. Pickard obteve mais de 100 patentes das suas invenções e a descoberta da sensibilidade dos cristais.


  • Alexander Stepanovitch Popov 1859-1906
  • Há mais de 100 anos atrás Alexander Popov, então com 36 anos, professor de física e engenharia eléctrica na Escola Naval de Fusileiros Navais em Kronstadt, Rússia, projectou um rádio receptor que permitia receber sinais transmitidos por meio de ondas electromagnéticas. Nascido em Turinskiye Rudniki, Rússia, estudou em St Petersburg, retornando a St Petersburg como professor em 1901. Independentemente de Guglielmo Marconi, Popov é aclamado na Rússia como o inventor do telégrafo sem fios. Dedicou-se a estudar os fenômenos radioeléctricos produzidos nas tormentas atmosféricas, o que levou à descoberta da "Antena". Em 1896 (possivelmente em 1895) melhorou o receptor de Oliver Lodge adicionando um fio suspenso como uma antena, (Popov foi a primeira pessoa registada a adoptar este procedimento) e blindando as bobinas para neutralizar o efeito das faíscas nos transmissores . No dia 7 de maio de 1895, transmitiu, recebeu e decifrou a primeira mensagem telegráfica sem fios com sucesso. O cientista russo Alexander Popov tinha enviado uma mensagem de um navio da Marinha russo distante 30 milhas no mar, para o seu laboratório em St. Petersburg, Rússia. Era um feito incrível, mas o mundo não tomou conhecimento. A intensão da Marinha russa era monopolizar esta tecnologia poderosa, incitando Popov a não dar qualquer notícia das suas descobertas. Considerado como um fantástico segredo de estado, Popov perde qualquer chance de fama mundial.


  • Michael Idvorski Pupin 1858-1935
  • Michael Pupin nasceu na Hungria chegando aos Estados Unidos em 1874. Freqüentou a Universidade de Columbia e a Universidade de Berlim. Foi professor de electromecânica durante 30 anos naColumbia, de 1901 a 1931. Pupin inventou e melhorou muitos dispositivos para telegrafia e telefonia, inclusive com o uso de indutores em linhas de telefone para melhorar a qualidade auditiva. Trabalhou com o desenvolvimento de Radiografias, identificado como ' radiação secundária ' Estudou o comportamento das válvulas a baixa pressão, e inventou um ressonador eléctrico. Foi lhe conferido um total de 34 patentes para as suas invenções.


  • Anton F. Philips 1874-1951
  • Nascido em Zaltbommel, Holanda em 14 de março de 1874, filho do banqueiro Federico Philips, estudou na Escola de Comércio de Amsterdan e em Londres. Em 13 de janeiro de 1894, incorpora-se na direcção comercial da empresa Cia. Philips, fundada em 1891 pelo seu pai e pelo seu irmão Gerard Philips. Em 1912, a empresa transforma-se em Philips Gloeilampenfabricken e os irmãos Philips são nomeados directores. Em 1922, A. F. Philips está sozinho na direcção dessa grande empresa que já possuia reputação internacional. Desde a sua fundação, a produção estava limitada ao fabrico de lâmpadas incandescentes e acessórios para iluminação, a partir de 1927 são fabricadas válvulas de rádio, amplificadores, rectificadores, tubos de Raio X, e os mais diversos aparelhos e acessórios para iluminação. A empresa tinha se tornado uma grande indústria e em 1929 contava com 23.000 empregados.


  • Raymond Philips
  • Nascido na Inglaterra, em 1902 inventou um sistema para o contrôle automático de combóios eléctricos. Em 1905 realizou um estudo sobre o contrôle de mecanismos à distância mediante ondas radioeléctricas. Em 1910, apresentou um sistema para controlar as aeronaves por intermédio da rádio.


  • David Sarnoff 1891-1971
  • Sarnoff nasceu na Rússia, e mudou-se para a Cidade de Nova Iorque ainda menino. Trabalhou como operador de telégrafo na companhia de Marconi, e muitas honras lhe são dadas por ter trabalhado no telégrafo durante 3 dias por ocasião do desastre do navio TITANIC - embora haja discussão neste parecer, onde muitos acham ser um exagero. Não há nenhuma dúvida que Sarnoff era um homem decidido, sendo uma grande figura no crescimento da radiodifusão. Sarnoff tornou-se gerente geral da RCA em 1921, e depressa se tornou o seu vice-presidente. Conheceu a companhia durante o surgimento da rádio, supervisionando a criação da primeira cadeia (NBC) e o movimento em direcção à televisão. Durante a Segunda Guerra Mundial foi consultor de comunicações, e pelos seus serviços, foi condecorado com a patente de Brigadeiro General.


  • Werner Siemens 1816-1892
  • Nascido numa família de engenheiros e inventores, Werner e o irmão mais novo William desenvolveram o Dínamo - um dispositivo que converte energia mecânica em energia eléctrica usando 'auto excitation', eliminando o uso de imãs permanentes. Isto conduziu ao nascimento da indústria de energia comercial. Werner também inventou um processo de elecctroplating, e um método satisfatório de isolar cabos telegráficos e eléctricos prevenindo-os contra a umidade.


  • Nikola Tesla 1856-1943
  • Nikola Tesla foi o inventor do motor de indução com campo magnético rotativo. Nascido em Smiljan Lika, Croácia, filho de um clérigo Ortodoxo sérvio, Tesla estudou em Joanneum, uma escola politécnica em Graz e na Universidade de Praga durante dois anos. Começou a trabalhar no departamento de engenharia do sistema de telegrafia austríaco, tornou-se um engenheiro eléctrico numa companhia de energia eléctrica em Budapest e depois em Strasbourg. Enquanto esteve na escola técnica, Tesla ficou convencido que os comutadores eram desnecessários em motores e quando começou a trabalhar numa companhia de energia, construiu um motor simples onde demonstrou a verdade da sua teoria. Em 1884, Tesla veio para os Estados Unidos e uniu se a Edison como um desenhador de dínamos. Em 1887 e 1888 Tesla teve uma loja experimental na Rua da Liberdade, 89 ( 89 Liberty Street ) Nova Iorque, e lá inventou o motor de indução. Vendeu a invenção à a Westinghouse em julho de 1888 levando um ano em Pittsburgh instruindo os engenheiros da Westinghouse. Tesla obteve mais de 100 patentes na sua vida. A pesar das 700 invenções, Tesla não ficou rico. Durante muitos anos trabalhou no seu quarto no Hotel New York onde morreu.


  • Sir Joseph John Thomson 1856-1940
  • Nascido em Cheetham Hill, Inglaterra, frequentou a Universidade de Cambridge e manteve uma associação com esta universidade durante a maior parte da sua vida. Foi laureado com o prémio Nobel em Física pelo seu trabalho na condução da electricidade através dos gases em 1906. O seu trabalho com Radiografias e tubos de raios catódicos convenceu-o que estes eram carregados com partículas de electrões e que a massa deles era 1,000 vezes menor que íões de hidrogênio.


  • John Bardeen 1908-1991
  • William Bradford Shockley 1910-1989
  • Walter H. Brattain 1902-1987
  • Os físicos John Bardeen, William B. Shockley, e Walter Brattain compartilham juntamente em 1956 o prémio Nobel por inventarem o transistor, um dispositivo de estado sólido que amplifica a corrente eléctrica. O transistor executou funções electrônicas semelhantes à válvula electrônica na rádio e televisão, mas de longe muito menor e usando muito menos energia. O transistor tornou-se o inicio da electrônica moderna, o inicio do microchip e a tecnologia do computador. Nascido em Madison, Wisconsin, Bardeen obteve o Ph.D. em 1936 em matemática e física na Universidade de Princeton. Como membro da Universidade de Minnesota, Minneapolis, de 1938 a 1941, serviu como físico principal no Laboratório Naval norte-americano em Washington, D.C., durante a Segunda Guerra Mundial, tendo se juntado posteriormente aos Laboratórios Bell. Lá administrou as pesquisas nas propriedades de condutividade dos eléctrões em semicondutores. Este trabalho conduziu à invenção do transistor. Bardeen também é responsável por uma teoria no campo da supercondutividade, a propriedade que alguns metais possuem em perder resistência eléctrica a muito baixas temperaturas e uma teoria que explica certas propriedades dos semicondutores.
    Shockley nasceu em Londres. Uniu o pessoal técnico dos Laboratórios Bell em 1936 e lá começou experiências que conduziram à invenção e desenvolvimento do transistor de junção. Durante a Segunda Guerra Mundial, serviu como director de pesquisa para o Antisubmarine Warfare Operations Research Group da Marinha norte-americana. Depois da guerra, retornou à Bell Telefone como director de pesquisa da física do transistor. Foi professor visitante de física no Instituto Californiano de tecnologia, em Pasadena, em 1954, e director de Departamento de Defesa em 1954-55. Uniu-se a Beckman Instruments Inc., para implantar o Laboratório Shockley de Semicondutor 1955. Em 1958 tornou-se conferencista na Universidade de Stanford, Califórnia, e em 1963 o primeiro professor de ciência da engenharia nesta Universidade.
    Brattain nasceu em Amoy, China. Em 1929 tornou-se um físico de pesquisa nos Laboratórios da Bell. Os seus principais campos de pesquisa, foram as investigações envolvidas nas propriedades de superfície dos sólidos, particularmente a estrutura atômica de um material na superfície que normalmente difere da sua estrutura atômica no interior. Tornou-se professor adjunto na Faculdade de Whitman, Walla Walla, Washington, em 1967. Foram-lhe concedidas várias patentes e escreveu extensivamente sobre a física de estado sólido.




Faça um donativo!

Faça um donativo!

Agora é mais fácil com Paypal!

Com o paypal.me pode contribuir para o site em qualquer moeda e em qualquer valor com a segurança desta plataforma.

Clique aqui para ajudar com o que quiser, com o que poder.