Documentos históricos

História da Rádio Nacional


HISTÓRIA DA RÁDIO NACIONAL


Logo da Rádio Nacional


A PRA-X - Sociedade Rádio Philips do Brasil foi fundada em 12 de março de 1930 no Rio de Janeiro, então capital federal, pela Philips (que se instalara no Brasil nos anos 20).

O primeiro símbolo fazia parte da empresa e foi usado como logomarca nos primeiros anos da emissora no Rio de Janeiro.

Categoria: 

Rick Store - O rádio nos anos 70


O rádio dos anos 70



Foto de um rádio antigo


Alguns dos momentos mais marcantes da história do rádio no Brasil nos anos 60 e 70, compilados magnificamente por Luiz Uchida numa apresentação em Power Point.

São cerca de 40 minutos de música, programas, humor e muita história do mais importante meio de comunicação de todos os tempos.

Categoria: 

Rádio Mocidade de Moçambique


RÁDIO MOCIDADE DE MOÇAMBIQUE



LICEU SALAZAR
1967-1974
(história contada pelo seu fundador Joaquim Nogueira)

Foto actual de Joaquim Nogueira


Realização de um sonho


Tudo começou porque, desde miúdo, sempre tive a mania da rádio e aos doze anos construía a minha “galena” para ouvir a Emissora Nacional em Coimbra, no ano de 1947.

Categoria: 

Compreendendo o passado


RARET - RADIO AMERICAN RETRANSMISSION


Foto do centro emissor da RARET



Compreendendo o passado

Um artigo do Jornal “Aurora do Ribatejo” datado de 7 de Outubro 1967, evidencia as relações da RARET com a Gloria do Ribatejo: o apoio e contributo para a constituição da Freguesia, doações de terrenos, criação de postos de trabalho, a escola, entre inúmeras acções que são aqui registadas neste artigo.

Categoria: 

Ribatejo na rota da guerra fria


Ribatejo na rota da Guerra Fria


Cartão de boas-festas da RARET


Você sabia que o maior posto emissor da Rádio Europa Livre funcionou durante quase 50 anos em Glória do Ribatejo, a algumas dezenas de quilómetros de Lisboa, colocando esta região na rota da "guerra fria"?

Categoria: 

Vozes: Getúlio Vargas

Getúlio Dornelles Vargas nasceu a 19 de Abril De 1882, no Rio de Janeiro, tendo-se formado em advocacia, tornando-se um político influente na cena política brasileira.

Foi chefe civil da revolução de 1930 e presidente do Brasil quatro vezes:
De 1930 a 1934 no Governo Provisório; de 1934 a 1937 no governo constitucional; de 1937 a 1945 no Estado Novo e de 1951 a 1954 como presidente eleito pelo voto directo.

Categoria: 
Imagem: 
Foto de Getúlio Vargas em Julho de 1934

Páginas