Rádio no Brasil

Heleninha Costa

Nasceu no Rio de Janeiro no final da década de 20 e bem pequena veio morar na cidade de Santos. A década de quarenta prometia muitos lançamentos e cantoras que iriam destacar-se muito. Uma delas era Heleninha Costa, que começou ainda menina, com 10 anos, na Rádio Clube de Santos e aos 12 na rádio Atlântica.

Autor nome : 
Tereza Cristina
Autor apelido: 
TESSER
Tipo: 
Categoria: 

Ida de Alencar

Soprano, possuidora de uma voz aprimorada. Ocupou um dos postos mais destacados no cenário musical do Brasil.

Tanto se fez admirar no palco do Teatro Municipal como nas emissoras de rádio. Na década de 30 actuou em diversas rádios do eixo Rio de Janeiro e São Paulo, entre elas a Rádio Club de Santos.

Tipo: 
Categoria: 

Vozes: Roquette-Pinto

"A partir de agora todos os lares espalhados pelo imenso território do Brasil receberão livremente o conforto moral da ciência e da arte pelo milagre das ondas misteriosas que transportam, silenciosamente, no espaço, as harmonias"


- Roquette Pinto


O poeta e jornalista Amadeu Amaral, Secretário da Gazeta do Rio e cronista de O Estado de S. Paulo, teve vontade de rir. Fora convidado por seu amigo Edgard Roquette-Pinto para ouvir uma transmissão experimental da Rádio Sociedade do Rio de Janeiro, que este acabara de fundar.

Categoria: 
Imagem: 
Bandeira do Brasil com um rádio no canto

Vozes: Beatriz Roquette-Pinto

"Ah, choro, duplamente! Sempre que eu penso nele, sempre que eu penso no Roquette-Pinto, eu choro duplamente! Eu choro meu pai, o companheiro, trabalhei com ele, a vida inteira ao lado e choro muito a falta do brasileiro, muito! Porque eu acho que precisava ter muitos Roquettes agora, no Brasil. Sempre! Com aquele espírito que ele tinha, aquele amor pela gente dele, mas é um amor consciente, amor de pai para filho, que vê que o filho tem seus defeitos e que tem que educar! E não é aquele pai que diz: "Meu filho é o melhor do mundo, meu

Categoria: 

3 programas fantásticos


3 PROGRAMAS FANTÁSTICOS


Nas décadas passadas a rádio prendia os seus ouvintes com programas de grande interesse popular: entrevistas, teatros radiofónicos, variedades, infantis, etc, constituíam um forte elo de ligação entre a rádio (virtualmente o rádio) e os seus ouvintes.

Categoria: 
Imagem: 
Rádio Nacional

Curiosidades da rádio


CURIOSIDADES DA RÁDIO



Desenho de um receptor de 

galena


  • Sabia que o primeiro contacto à distância foi realizado por um cientista brasileiro em 1837? O seu nome era Padre Roberto Landell de Moura

  • Sabia que os primeiros contactos foram realizados entre a Avenida Paulista e o bairro Alto de Santana, em 1893 e 1894?


  • Sabia que as ondas que se propagam no espaço são chamadas de Ondas Hertzianas em homenagem ao seu descobridor, Hertz?


  • Sabia que a Rede Mundial de Computadores (Internet) foi fruto do desenvolvimento e parceria tecnológica dos contactos via rádio?


  • Sabia que para verificar qual é a banda operante das ondas hertzianas, basta dividir a frequëncia pela velocidade da luz?


  • Sabia que o seu computador pode ser interligado com rádio frequëncia para fazer contactos com outros computadores?

  • Sabia que as pessoas que fazem contactos via rádio já ultrapassaram 15 milhões de operadores?

  • Sabia que o fenómeno da propagação é devido à reflexão das ondas hertezianas na camada de ionosfera, viabilizando transmissões a longa distância podendo até proporcionar contactos internacionais sem qualquer custo adicional?


  • Sabia que a "Banda do Cidadão" (27.000 Mhz) nasceu em reuniões internacionais, logo após o fim da II Guerra Mundial, quando todos os países estavam animados por um grande espírito de cordialidade e ansiavam dar aos seus cidadões, sem burocracia, meios que permitissem a livre comunicação entre pessoas, em distâncias relativas, sem necessidade de fios ou cabos tornando possível a comunicação entre veículos e estações terrestres, embarcações, etc?


  • Sabia que para a chamada de emergência do maior naufrágio de um navio,foi utilizado o Código Morse pelo comandante do TITANIC. "SOS TITANIC SOS"?


  • Sabia que, segundo um artigo de Oscar Ribeiro (PY1-YLK) na Revista Eletrônica Popular, junho de 1980, volume 48, nº 06; O emprego da tradicional expressão "73" data dos primórdios do telégrafo sem fio. É encontrada em algumas das primeiras edições de códigos numéricos, porém neste período não existe comprovação física da sua utilização. Em abril de 1857 a publicação "The National Telegraph Review and Operators Guide" apresenta esta expressão o que constitui a 1ª prova autêntica do seu uso. Na época 73 significava "My love for You" (Meu amor para si), porém com o passar do tempo o significado corrompeu-se e passou a significar o sentimento vago de fraternalismo, uma palavra amiga entre operadores. Somente em 1859, a "Western Union Company" preparou o famoso "92 Code" uma lista de códigos numéricos de 01 'a 92 e nela constava o 73 como "aceite os meus cumprimentos" que estava de acordo com a linguagem floreada usada na época. Entre 1859 e 1900 os manuais de telegrafia apresentaram distintas variações para o termo e somente em 1908 o "Dodge Manual" definiu a expressão na forma em que é utilizada hoje: " um forte abraço" (" Best Regards" ) porém sabemos que hoje em dia todos os operadores do mundo utilizam esta expressão como James Reid tencionava que fosse usada quando a criou: " uma palavra fraterna entre operadores".


  • Sabia que o termo DX e WX surgiram pelo facto dos radiotelegrafistas substituirem letras perdidas na recepção com a letra X?


  • Sabia que os receptores usados nos anos 30 emitiam sinais muito fortes na frequencia sintonizada. Por causa disso ninguem publicava loggings ate receber confirmação. Desta forma mantinham a frequencia livre de interferências causadas pelos receptores dos outros ouvintes que tentavam receber a mesma estação.
Imagem: 
Desenho de um receptor de galena

Páginas