Ulysses Galetti - Paixão pela escuta

Separadores primários


Ulysses Galletti - Paixão pela escuta



Vamos recordar um pouco...

Foto de Ulysses Galletti


Nos últimos anos da década de 70 comecei a me interessar por equipamentos de recepção com mais recursos. Procurava comprá-los lendo nos jornais no caderno de classificados.

O primeiro receptor mais diferenciado que adquiri foi um Sony CRF5080. Agradeço ao Regis, vendedor daquele rádio, por minha efetiva introdução no mundo dos radioescutas.

Tempos depois troquei aquele receptor analógico pelo meu primeiro com frequencímetro digital, o Panassonic RF3100, com quem me vendeu o primeiro rádio Sony e paguei a diferença.

Com o tempo fui me interessando em conhecer receptores de boas marcas. Como não podia comprar todos, vendia um para comprar outro. Fiz muitas compras nas chamadas "vendas de famílias estrangeiras que deixavam o país". Fiquei conhecido nas empresas que organizam aquelas vendas, e assim, sempre era informado quando surgiam rádios receptores para vender.

Uma ocasião a venda foi realizada na casa de um embaixador. O receptor estava no escritório que estava fechado. Fechei o negócio sem ver, no dia seguinte para minha surpresa constatei que o rádio era um Yaesu FRG7, com acoplador de antena e tudo, novinho. Hoje este rádio está com meu irmão, que motivado por mim, também aderiu ao hobby da radioescuta.

Certa vez comprei um receptor que estava em uma loja empoeirado em um canto. O vendedor especializado em transceptores não deu muito valor para ele. Quando cheguei em casa,fiz uma boa limpeza no rádio e ele ficou como novo. Naquele dia descobri mais um uso para cera usada em polimentos de carros! O rádio era profissional, um Sony CRF1.

Pesquisei muito sobre receptores em livros especializados e revistas. Cada vez que me interessava por algum novo receptor constatava que os seus preços eram bem elevados.

Em uma das viagens que fiz para os Estados Unidos comprei, em uma loja de equipamentos usados, o Kenwood R1000. Embrulhei em um cobertor e viajei com o rádio em uma sacola de mão, tomando todo cuidado possível.

Certa vez encontrei um anúncio de um Drake R7A. O preço era "salgado", mas na época, pelas informações que tinha era muito bom. Comprei o rádio e constatei que realmente era um excelente receptor, embora um pouco difícil de operar.

O meu objetivo era possuir o receptor JRC NRD525. Foi difícil mas consegui atingir este objetivo ha alguns anos, quando minha filha residia nos Estados Unidos. Fui visitá-la algumas vezes e na ultima comprei o JRC.


Foto do rádio JRC NRD525


Para a viagem ao Brasil precisei comprar uma mala de mão só para colocar o rádio. O primeiro trecho da viagem seria Pittsburgh - Chicago. entrei no avião com a mala na mão, que embora grande poderia ser classificada como de mão. O avião era de pequeno porte, usado para vôos internos. Minha maleta com o rádio não coube no bagageiro. A aeromoça me informou que eu não poderia levar aquela mala comigo. Ela tinha que ir com as bagagens. Afirmei que o conteúdo era muitíssimo delicado, e de tanto insistir nisto fui autorizado a ir levar a mala até o bagageiro, recomendar cuidado para o pessoal que acomodava tudo naquele local e pedir que fosse a primeira a ser desembarcada e entregue na minha mão. Foi um sufoco! Depois no segundo trecho da viagem (Chicago - São Paulo) não tive problemas em manter a mala do rádio comigo.

No inicio dos anos 80 quando anunciei a venda de uma coleção completa da revista Seleções, apareceu um comprador que me ofereceu em troca um radio de aparência feia e com nome que eu não conhecia, quase que não faço negocio. Como minha esposa queria que eu me desfizesse daquela coleção, pelo espaço que ocupava em nossa biblioteca, insistiu para que eu fizesse a troca pelo radio. E assim fiz. Infelizmente não cheguei a conhecer o dono do rádio. Eu não estava em casa no dia em que ele foi buscar a coleção de revistas e levar o seu rádio. Ele foi atendido por minha esposa. Soube apenas que ele era um militar reformado. O rádio, objeto da troca pelas revistas, foi um Barlow Wadley XCR30 MARK 2. Vendi este rádio mais tarde para o amigo Francisco porque ele sonhava em ter este rádio e por valor que o saudoso Prof. Roberto avaliou. Foi muito gratificante ter atendido o amigo. Mais tarde comprei um outro Barlow Wadley igual, que ficou com meu irmão e mais recentemente importei mais um, 6 meses de espera, taxa de importação igual a 60% do valor da compra, revisão pelo técnico, etc.

No inicio da década de 80 quando coloquei um anuncio no jornal um rádio quem me telefonou para obter informações foi o Sergio Doria Portamian, o primeiro dexista que conheci.

Logo depois tive a felicidade de conhecer o Professor Robert Veltmeijer e poder visitá-lo com certa regularidade, e assim, adquirir conhecimentos sobre o hobby da radioescuta e dexismo. Também pude fazer outros amigos do DX Clube Paulista, do Globo DX, etc.

Sempre gostei de participar de competições, e por este motivo não deixei de participar do primeiro concurso de escutas das bandas tropicais da América do Sul, promovido pelo DX Clube Paulista.

Isto ocorreu em 1984. Eu me programei e fui a luta, como iniciante no hobby. Fui muito incentivado pelos participantes, e com a grande quantidade de logs que enviei fui classificado em primeiro lugar. Guardo com muito orgulho o Diploma que recebi.

Participei do segundo concurso das bandas tropicais, em 1993. Neste concurso fiquei em segundo lugar. Estanhei um pouco as escutas que o vencedor fez com o seu radio Transglobe, mas ele venceu por muitos pontos na minha frente.

Embora não tivesse muito interesse pelas escutas em ondas médias, quando surgiu em 2004 o primeiro concurso de ondas médias, idealizado e comandado por Adalberto Marques de Azevedo, me preparei novamente. Usei antena DZ e radio Sony ICF6800W. Este conjunto funciona muito bem. Procurei sintonizar freqüência por freqüência as emissoras e, preferencialmente, até conseguir a identificação de cada uma. Consegui o primeiro lugar.

Participei também, em 2004, do concurso A Volta ao Mundo das Ondas Tropicais, muito bem idealizado e comandado por Adalberto Marques de Azevedo, fiquei com a terceira colocação e reconheci o mérito das incontestáveis primeira e segunda colocação.


Foto da estação de Ulysses 

Galletti



RESULTADOS DOS CONCURSOS ACIMA MENCIONADOS:



Ano de 1984
PRIMEIRO CONCURSO DA BANDA TROPICAL DO DX CLUBE PAULISTA
RELAÇÃO DOS PRIMEIROS COLOCADOS
1o Ulysses Galletti - 1030 pontos (Yaesu FRG7700 - Active antena FRA7700)
2o Gilberto A. Santos - 732 pontos (Panasonic RF4900, Sony ICF2001)
3o Sergio D. Portamian - 572 pontos (Indeletron RC16, Philips 06 RL416)

Ano de 1993
CONCURSO DX ONDA TROPICAL DO DX CLUBE PAULISTA
RELAÇÃO DOS PRIMEIROS COLOCADOS
1o Ivanildo Gonçalves Dantas - 3913 pontos (Philco Transglobe)
2o Ulysses Galletti - 1858 pontos ( Kenwood TS440S, Yaesu FRG7700)
3o Marcelo Toniolo dos Anjos - 1609 pontos (Sanyo M1700F)

Ano de 2004
PRIMEIRO CONCURSO DE OMs BRASILEIRAS ORGANIZADO POR ADALBERTO MARQUES DE AZEVEDO
RELAÇÃO DOS PRIMEIROS COLOCADOS
MEDALHA DE OURO: Ulysses Galletti - 238 pontos.
MEDALHA DE PRATA: Rubens Ferraz Pedroso - 233 pontos.
MEDALHA DE BRONZE: Anderson José Torquato e Cleiber Andrade Júnior de Conselheiro - 211 pontos.

Ano de 2004
CONCURSO A VOLTA AO MUNDO DAS ONDAS TROPICAIS ORGANIZADO POR ADALBERTO MARQUES DE AZEVEDO
RELAÇÃO DOS PRIMEIROS COLOCADOS
1º Colocado - MARCELO VILELA BEDENE - 90 pontos
2º Colocado - RUBENS FERRAZ PEDROSO - 73 pontos
3º Colocado - ULYSSES ALBUQUERQUE GALLETTI - 68 pontos

Há aproximadamente 15 anos construí em Itatiba – SP uma casa de campo com paredes de madeira maciça de 4,5cm de espessura. A madeira maçaranduba, é comumente usada em dormentes de estradas de ferro, não prejudica a prática de escutas de radio. Minha casa de finais de semana está em um local alto de condomínio na zona rural de Itatiba. Como o terreno é de bom tamanho pude instalar diversas antenas : longware, multibandas, verticais. A antena que melhor resultado me deu foi uma Delta Loop em posição horizontal.

É em Itatiba que, nos fins de semana, faço as minhas escutas. Atualmente está em reforma e acredito que só voltarei a poder fazer escutas em Itatiba, já no meu "estudio" no final do ano, com a antena T2FD, que foi especialmente projetada para mim pelo meu amigo Adalberto Marques de Azevedo.

Quando iniciei no hobby da radioescuta, na década de 70, ouvia com muito interesse os programas DX que eram transmitidos em espanhol. Um dos mais famosos naquela época era o chamado Encontro DX da Radio Suécia, que era transmitido todas as terças feiras. Eu não perdia aqueles programas que tinham apresentadores excelentes, gravava todos os programas.

Mais recentemente, ha algumns anos, fui convidado pelo jornalista Célio Romais, produtor dos programas DX do DX Clube do Brasil a participar destes programas. O Célio Romais produz e apresenta o programa de radio Radio DX e tem participação nos programas Onda DX e DXHCJB, respectivamente das rádios CVC a Sua Voz de Miami Lakes, Flórida (Estados Unidos), A Voz da Rússia de Moscou, Rússia. e HCJB Global de Quito Equador.

Portanto, de ouvinte dos programas DX, passei a, semanalmente, ter a grande satisfação de falar aos ouvintes das ondas curtas em alguns programas de radio. Minhas participações nos programas têm os seguintes nomes : Conversando com os radioescutas, Cartilha do Radioescuta, Dicas DX, É Fácil Viajar Nas Ondas Curtas, etc.

Espero, de alguma forma, estar dando uma pequena contribuição para o desenvolvimento e divulgação do nosso hobby.

QRV (*)
Ulysses Galletti
Itatiba - SP

(*) Nota de aminharadio: I am ready (estou pronto; sempre pronto; sempre disponível). Este é o significado de "QRV", expressão pertencente ao "Q code", conjunto de termos usados em rádio comunicações.

Outros artigos do autor:

Comentários

Foi muito gratificante, estar fazendo uma pesquisa sobre Ondas Tropicais e através do Google, encontrar esta página com este artigo tão bonito de meu amigo Ullysses Galletti.
Parabéns amigo Ullysses, por conseguir traduzir neste seu texto tanto sentimento e paixão pelo hobby rádio.

Adalberto

Ulisses, me mande um email para: ajcosta10@hotmail.com, pois queria saber o seu email para troca de informações sobre Rádio Escuta!
Abraços,
Antônio ...

Gostaria de saber se vc. tem o manual e o esquema do receptor Panasonic RF-4900, e se possivel me vender uma cópia destes documentos, é que adquiri um deste receptor mas infelismente não vieram o esquema e manual. Grato e aguardo resposta.
pedropy4pvl@ig.com.br

Caro Pedro, não temos o manual que solicita, no entanto fica o seu pedido publicado, pode ser que alguém o tenha.

Cordialmente,

António Silva

Boa noite Ulysses! Estou iniciando no hobby, e gostaria de sua opinião. Qual é o melhor radio? o Sony ICF-SW7600GR ou o DEGEN 1103. Desde já agradeço.

Parabéns amigo Ulysses Galletti pela belíssima matéria publicada no site aminharadio "PAIXÃO PELA ESCUTA". Você é uma pessoa importante para nós radioescutas.
73's
Faustino Prado - PY2VOA / PY2021SWL (SWARL)


Faça um donativo!

Faça um donativo!

Agora é mais fácil com Paypal!

Com o paypal.me pode contribuir para o site em qualquer moeda e em qualquer valor com a segurança desta plataforma.

Clique aqui para ajudar com o que quiser, com o que poder.