As válvulas

Separadores primários


VÁLVULAS


Foto de uma válvula


A "Válvula termoiónica" (ou válvula de electrões), é constituída por uma ampola ou tubo de vidro, contendo gás a baixa pressão, que pode ser utilizado para controlar a passagem da corrente num circuito eléctrico.

A válvula é composta por dois ou mais eléctrodos, que estão instalados no seu interior. Esses elementos são o cátodo e placa para um diodo, o tipo mais simples de válvula.

O cátodo, depois de aquecido, produz electrões que circulam em direcção à placa que, estando polarizada positivamente, os atrai. Este fluxo de electrões provoca uma passagem de corrente entre estes dois elementos.

Ao adicionar um terceiro elemento, grelha de controlo, passa a ser possível regular o fluxo de electrões que circulam entre o cátodo e a placa. Neste caso a válvula passa a denominar-se Tríodo.

A adição de mais elementos tem por finalidade permitir funções especiais bem como a eliminação de capacidades parasitas entre os vários elementos. É o caso da grelha supressora usada ligada internamente ao cátodo.


Classificação das válvulas:


As válvulas electrónicas podem ser categorizadas por:

  1. Tipo de aquecimento:

  2. Válvulas de aquecimento directo – Nestes casos o filamento serve também como cátodo, não havendo isolamento eléctrico entre a linha de tensão do filamento e a tensão anódica. Era tipicamente usado em válvulas rectificadoras.
    Válvulas de aquecimento indirecto – O cátodo está isolado electricamente do filamento. Este último serve apenas para aquecer o cátodo fazendo com que este produza electrões.

  3. Número de elementos:

    • Diodo – válvula com 2 elementos

    • Tríodo – válvula com 3 elementos

    • Tetrodo – válvula com 4 elementos

    • Pentodo – válvula com 5 elementos

    • Heptodo – válvula com 7 elementos

    • Octodo – válvula com oito elementos

    Nas válvulas de aquecimento indirecto o filamento não conta como elemento.


    Foto de outra válvula


  4. Socket ou base de encaixe da válvula:

  5. Os mais comuns são: Octal, Noval, Rimlock e Miniatura.

  6. Nomenclatura:

  7. Cada válvula tem uma referência que a identifica quanto às suas características físicas e técnicas: função, número de elementos, tensão anódica e de filamento, socket, etc.

É possível, através da leitura da referência da válvula, obter alguns dados básicos sobre as suas características.

Existem dois sistemas de nomenclatura: o sistema americano e o europeu.

A classificação americana baseia-se mais em números enquanto a europeia baseia-se em letras.


Classificação das válvulas segundo a norma americana:


Exemplo: 6L6, 12AU8GT, 25C5 (1 ou 2 números+1 ou 2 letras+1 número+1 ou 2 letras caso existam)

O primeiro número indica a tensão de filamento.
A letra ou letras indicam a aplicação da válvula.
O terceiro número indica a quantidade de elementos. Nesse número não está incluída a grelha supressora.
A letra ou letras finais indicam alguns detalhes sobre o seu fabrico.

Primeiro grupo de números:

1 - 1,4V
2 - 2,4V
5 - 5V
6 - 6,3V
12 - 12,6V
14 – 12,6V ou 6,3V

Os restantes números seguem os valores inteiros da tensão de filamento, ex: 35Z5 para 35V de filamento.

Para o primeiro grupo de letras: As primeiras letras do abecedário identificam funções de amplificação, detecção, conversão, etc. As letras finais, X, Y ou Z indicam a função de rectificadora.

Para o segundo grupo de letras:

G – Vidro grande
GT – Vidro pequeno


Classificação segundo a norma europeia:


Exemplo: EF41, PL500 ou UCH81 (1 letra+2 ou 3 letras+1 a 3 números)

A primeira letra indica a tensão ou corrente de filamento.
As letras seguintes indicam a aplicação da válvula.
O primeiro número indica o tipo de base.
O segundo número dá uma indicação temporal da válvula. Por exemplo, uma EL41 é mais antiga do que uma EL84.

Primeira letra - tensão de filamento:

A - 4V (AC)
B - 180mA
C - 200mA
D - 1,4V (DC, rádios portáteis)
E - 6,3V
F - 12,6V
G - 5V (AC)
H - 150mA
K - 2V ou cátodo frío
L - 450mA
P - 300mA (usada em TV)
U - 100mA
V - 50mA
X - 600mA

Letra ou letras seguintes – aplicação da válvula:

A – duplo diodo com cátodos independentes 
B – duplo diodo com cátodo comum
C – tríodo
D – tríodo de potência
E – tetrodo
F - pentodo
H – heptodo
K – octodo oscilador misturador
L – pentodo de potência
M – indicador de sintonia
P – válvula de emissão secundária
X – duplo diodo de gás
Y – rectificador simples, meia onda
Z – rectificador duplo, onda completa

Primeiro digito – tipo de base:

1 – vários
2 - Decal (Philips)
3 - Octal
5 - Magnoval (TV)
6- Miniatura
7 - Miniatura
8 - Noval
9 - Miniatura



Faça um donativo!

Faça um donativo!

Agora é mais fácil com Paypal!

Com o paypal.me pode contribuir para o site em qualquer moeda e em qualquer valor com a segurança desta plataforma.

Clique aqui para ajudar com o que quiser, com o que poder.