[Portugal] Colecionador Francisco Madeira

Separadores primários

Imagem: 
Foto de Francisco Madeira

Dados obtidos em junho de 2020

  • Início da colecção: 1975
  • Nº de receptores: 8
  • Outros objectos relacionados com a rádio: Amplificadores, gira-discos, leitores/gravadores de K7, Radio amador Cobra GTL148 Base, discos vinil, de gramofone, rádios de automóvel.
  • Outras colecções: Moedas, notas, ferraduras, fotos desde o Sec. XIX, cartazes desde o SEC. XIX passando pelo Estado Novo até anos 90… Computadores desde o Spectrum, Amiga.
  • Rádio mais antigo: Philips e Siemens, anos 50/60
  • Rádio mais recente: Akai, anos 80
  • Rádio mais caro: €110,00
  • Rádio mais barato: €12,00
  • Última compra: Há mais de 1 ano
  • Local de exposição: Garagem e por toda a casa

Francisco Madeira tem um gosto inato por objetos tecnológicos antigos. Além de rádios e outros objetos relacionados, também coleciona computadores, moedas, fotos, cartazes, etc.

Também ocupa os tempos livres trabalhando a madeira e fazendo modelismo naval com RC.

Tem um neto muito curioso que o acompanha nestas atividades.

"Em 1975 Tirei o Curso do CIT Radio, Eletrónica e TV, era muito jovem e a eletrónica era um passatempo, nunca foi desta área... mas o bichinho ficou e sempre reparei as minhas coisas.

Não me considero colecionador de rádios, uns 8 no total só dois são a válvulas, mas tenho muita coisa antiga, como rádios dos anos 60/70, gravador de bobines Grundig que estou a recuperar, K7 da TEAC, K7 da AKAI, Gira-discos AKAI, DUAL, Discos de Gramofone, Vinil, K7 áudio, Beta e VHS, fotografias desde o surgimento delas só de Portugal, um paixão de cartazes e recortes desde meados do Sec. XIX até aos anos 90, alguns relacionados com RÁDIO E TV.

Agora veio a reforma e com este confinamento, tenho todo o tempo do mundo e estou a recuperar e a restaurar muita coisa... um amigo deu-me uma caixa cheia de Válvulas... Descobri recentemente uma paixão que é o modelismo naval e RC com Arduíno e servos, adquiri muitas ferramentas como serra de recortes de fita, mesa circular, coluna de furação, torno elétrico, etc.

Tenho um espaço com cerca de 12m2 para a eletrónica e 20m2 para a pequena oficina, tudo o que guardo está exposto num barzito “tertúlia” que tenho na minha propriedade onde se brinca e toca com a família e amigos, espero que o tema de “amigos não se afaste com o convívio presencial."

Pode ver alguns dos seus rádios em: Rádios de Francisco Madeira

Se pretender entrar em contacto com este coleccionador, pode fazê-lo, usando os dados referidos abaixo:
Francisco Madeira
E-mail: madeira.fja@gmail.com