Galeria de páginas pessoais

Separadores primários


GALERIA DE PÁGINAS PESSOAIS


Desenho animado de um computador

Bem-vindo a este espaço interactivo destinado ao alojamento de páginas pessoais dedicadas à rádio em qualquer das suas vertentes.

Se é coleccionador, técnico, estudioso desta área, radioamador, rádio escuta, pode aproveitar este espaço para mostrar, de forma simples mas segura e eficaz, o seu trabalho, hobby ou paixão.

Este espaço é disponibilizado de forma totalmente gratuita, sem publicidade, embora, a qualquer momento, a administração possa alterar esse conceito.

Achamos importante que, antes de efectuar a sua subscrição, leia atentamente as condições do serviço. aminharadio.com não se responsabiliza por deficiências no fornecimento do serviço, perda de dados ou o fim deste sem aviso prévio.


LISTA DE OPÇÕES:


Comentários

Inserido meu cartão de associado da REP, que nem sei porquê, mas sinto orgulho em ter pertencido a essa verdadeira "no seu tempo" ASSOCIAÇÃO, representante de todos os Radioamadores Portugueses, mas que a partir da altura em que deixaram de ser obrigados a tal vinculo, perdeu-se o verdadeiro espirito Radioamadoristico "minha opinião" aliás, deixou de ser, ou não?!,
Embora continue a chamar-se, RADIOAMADOR, mas "no meu modo de ver "devem chamar-se radiofaladores" que quantas vezes apenas falam de vidas particulares, ou pessoais, que embora ninguém tendo algo com isso, a verdade é que assuntos, temas relacionados com a verdadeira paixão RADIOAMADORISMO desapareceu, nem sabem como lhe pegar, mas eles nem são os verdadeiros culpados, não é a eles que pretendo atingir, mas se pelo menos soubessem "no minimo o que é a lei de OHM" já sem falar no seu desenvolvimento como uma das fundamentais leis de electricidade sem a qual nem seria possivel avançar para outros objectivos, sem referir outras que, "talvez julgadas ultrapassadas" não fazem parte dos conhecimentos desses então "radioamadores", que em troca duns €€€ adquirem em qualquer loja do ramo ou não, um equipamento que nem sabem manejar, mas porque lhe deram umas reduzidas explicações, pois estando em causa pura e simplesmente o VENDER, de qualquer forma ou jeito a quem quer que seja, e assim surge mais um que no seio do espirito RADIOAMADOR nada diz em absoluto, desconhece quase tudo a não ser aquilo que lhe incutiram para passar no texte, mas para quê se actualmente nem se processa de tal forma o "óbi", quando através da internet se efectuam imensas comunicações sem a obrigatoriedade de ser sujeito a um texte, "se a isso se pode chamar", a prova de exame para puder ingressar na categoria de... e ao pagamento duma taxa que "diga-se muito sinceramente já não é nada barata", mas que era bonito o verdadeiro radioamador continuar a ser, lá isso era!
Agradeço á Exmª equipa AMINHARADIO com cumprimentos.

Como a morte é coisa certa
Que ninguém pode escapar
Aproveite-se bem a vida
Que a todos foi concedida
Para amar e perdoar

Sempre que a minha dedico
E que recebo tambèm
Considero que sou rico
Mesmo sem ter um vintém

Mas há momentos que fico
Mais pobre do que ninguém
Mesmo assim não abdico
Em vez de mal, fazer bem.

Sempre tentei ver a vida...
Talvez pelo lado errado
E quase na despedida
Comprovei ser um bom fado!

Porém sempre encontrei
Os que como eu gostaram
Da RADIOS como eu criei
E a vida dedicaram!.

Sendo caso pra dizer
De que nos serviu a vida
Fazendo o que se quiser
Mesmo sendo a despedida!

Em continuidade á poesia, mas tendo a ver com o tema RADIOS LOCAIS, cuja desilusão para os que "especialmente" fizeram dela o seu único óbi durante quantos anos!? ACRESCENTO QUE...

Não é d’alguma vontade
Que conto alguns sucedidos
Que nem deveriam ser
E muito menos parecer
Vindos d'alguns atrevidos

Os que neles, me meteram
Quando eu nem sonharia
E muito menos pensar
Que estavam a preparar
O que p’ra mim, mal seria

Apesar de em tribunal
Tudo que ali me queixei
Viam ser bem apurado
Com testemunhos provado
E que em tudo,lhes ganhei

Digo viam, repararam?
Sem referir qualquer pista
De nomes, pessoas, bens
Que por terem uns vinténs
Julgam ser, boa conquista!

Ao longo desta leitura
Ver-se-ão factos reais
Comprovados em sentença
E não é só com parecença
Poi além desses há mais

Que nem revelados são
Porque iriam ferir
Gente de bem que conhece
Mal que também padece
Na maneira de sentir.
Poderão ter contiunuidade se me for permitido,ou achado de interesse

Porque "na época" quantos agradeçiam e agraciavam com boas vindas as Radios Piratas, para as populações era a melhor coisa que lhes poderiam oferecer, a Radio na sua terra proporcionava-lhes certo bem estar, mas esqueciam que para isso quantos foram os esforços, as dificuldades para adquirir, transistores, diodos, condensadores, resistençias, já que outros materiais eram de construção caseira, como as antenas, mas o mais dificil ainda, quando tudo isso era feito"apenas por uma pessoa que," era obrigado a retirar de seu magro salário o $$$$ desse tempo, para o que de seguida foi e é negócio para os que nunca fizeram ou deram algo para que elas surgissem.
Forçado a tudo abandonar, não só as Radios Locais, mas o Radioamadorismo, assim entendeu o então ICP, que não deu tréguas, e aprende retirando todos os equipamentos, por mais do que uma ocasião, quando porém, e sem mais recursos, forçado se vê a desistir, mas ainda o que mais dói, é ver actualmente alguns desses equipamentos, em posse de trolhas, carpinteiros, ferreiros etc etc etc..."Embora pessoas de bem honestas, trabalhadoras especialmente", mas que DESILUSÃO meu país, que te servi voluntáriamente entre 1963 a 1966 em Angola e que sem vontade continuo servindo, mas forçado!.

Parece mentira mas, é verdade...
Que nos acontece frequentemente,
A gente gostar e dar amizade;
A alguem que viva próximo da gente.

E passam os tempos, surge a saudade,
Lembrar e teimar de modo insistente;
Que arranjemos tempo e oportunidades...
Para encontrar o prazer já muito ausente.

E lá vem o dia que nós visitamos...
E as alegrias que reencontramos;
Fica a sensação do bem que nos fez,

E depois passado mais esse momento;
A gente se envolve nas voltas do tempo,
E esse se perde, á espera da vez.

Mas quem não julgar o tempo assim;
Perdoe insisto, não pense no fim...
Esse não perdoa, ou até mal nos faz,
Sabendo querer, por ser bom rapaz!.

artur fernandes:
O que eu podia ter feito
Na terra que tanto adoro
Não me viram tal direito
Por isso, ainda hoje choro.

Quantas Rádios construí
E quantas a funcionar
Mas por elas me perdi
Por cansado de lutar.

E quem isto compreender
DEUS lhe dê outra ciência
Eu também tive de ceder
Esgotei a paciência.

Não me encontrava cansado
Apenas triste, e infeliz
Mais ainda, desanimado
Por tudo isso, que fiz.

Porque á dias fui confrontado com uma das imensas situações que por esse país e não só proliferam, pois onde não são efectuadas coisas do género em qualquer parte do universo cada vez mais globalizado, como desprotegido, e não pretendo referir-me apenas a pessoas, ou bens, mas equipamentos que de fábrica são mandados para o mercado, ou para o importador ou distribuidor, que parece ditar ou não a sentença, tudo estará dependente tratar-se de, ou a quem, isto se está interessado na respectiva venda.
Refiro-me neste caso a receptores de satélite, quando diversos "sem falar em marcas ou modelos" são adquiridos com instruções de fábrica para se proceder de certa maneira fácil, á descoberta da verdade que,,,e fico por aqui, pois no banco dos réus já alguns se têm sentado afim de responder por essa "se é" ousadia, a que eu pessoalmente chamaria curiosidade, "que testemunharei" pois nem sendo necessários grandes conhecimentos de electrónica, ou de informática, pois podem ser procurados na internet códigos para as diversas marcas e modelos existentes no mercado, "e que alguns habilidosos até parecem nisso sentir prazer", é necessária alguma paciênçia, e pouco mais, é claro que ninguém me proponha realizar qualquer altreração, pois nada percebo, apenas tenho conhecimento de que podem ser feitas com certo sucesso, embora algumas funções possam ficar activadas, apenas no essencial.

:sick:
Isto está em ponto quente
E vão as coisas tão mal
Que só varrendo essa gente
Se salvará Portugal!!!

Pois quem não quer trabalhar
Tem direito a comer!
E muito mais, que a falar…
Dará vontade viver?

Esses direitos que tem
Ser justo não sei porquê?
Querem convencer a quem?
Sem, trabalhar, é-se alguém?

Esses porcos de politicos
Que dela quem os entenda
Deveriam ser só criticos
já que não mais tem emenda

Coitadinhos, uns anjinhos
Porque santos muito há
Vivendo tão pobrezinos
Esperando o amanhã!

A ver se agora o povo
Entende a situação
Para não cair de novo
Como foi na revolução!.

em Portugal só vencem os oportunistas que se julgão inteligentes e o povo burro...

Na verdade quanto ao problema de matemática que mais se poderá ou deverá acrescentar?..
Quando na "triste" sociedade em que vivemos, quantos saiem das escolas sem saberem isso e outras coisas.


Faça um donativo!

Faça um donativo!

Agora é mais fácil com Paypal!

Com o paypal.me pode contribuir para o site em qualquer moeda e em qualquer valor com a segurança desta plataforma.

Clique aqui para ajudar com o que quiser, com o que poder.