11 suportes diferentes de áudio analógico

Separadores primários

11 suportes diferentes de áudio analógico

Conheço 45 - talvez existam mais - suportes de gravação áudio que têm fita magnética dentro de uma caixa. Ou seja, em cartucho (normalmente uma só bobine) ou em cassete (duas bobines - uma debitadora, outra receptora). Por enquanto, só tenho 11 suportes diferentes.
Suportes de áudio analógico

1 - Cartucho de 8 pistas (EUA, 1964)
Inventado pela Learjet Corporation - um consorcio entre a Ampex, Ford, General Motors, Motorola, e a RCA - foi baseado no cartucho de 4 pistas, que, por sua vez, já tinha sido desenvolvido a partir dos cartuchos Fidelipac.

2 - Cartucho de 2 pistas da Fidelipac (EUA, 1954)
Também conhecido por cartucho NAB ( National Association of Broadcaster's) foi uma inovação na gravação áudio feita pela Collins Radio.

3 - Compact Cassette (Holanda, 1963)
Inventada pela Phillips, foi o suporte de gravação doméstica mais popular do século XX. A Philips tentou manter o exito da cassete compacta, na década de 1990, criando uma cassete para áudio digital, retro-compatível (a DCC), mas o formato não teve sucesso, tendo deixado de ser comercializado ainda antes da cassete compacta de áudio analógico.

4 - Stenorette (Alemanha, 1971)
A Grundig criou este suporte áudio direcionado para escritórios e atendedores automáticos de telefone.

5 – Mini-Cassette (Holanda, 1966)
Criada pela Phillips, foi um desenvolvimento da Cassete Compacta, de 1963. Os gravadores eram pequenos (cabiam num bolso), próprios para se gravar voz.

6 – Micro-Cassette (Japão, 1969)
Este produto da Olympus Corporation, competia no mesmo mercado que a Stenorette e a Mini-Cassette. Existem bandas Lo-Fi que gravam neste suporte.

Suportes de áudio digital

7 – U-matic (Japão, 1971)
Inventado pela Sony, apesar de ser um suporte nativo de vídeo, o formato U-matic foi utilizado para gravar áudio digital com a máquina Sony PCM-1, em 1977, e comercializado pela Sony, em 1978, como Sony PCM-1600.

8 – Betacam (Japão, 1982)
Suporte para vídeo, inventado pela Sony, para substituir o formato U-matic. Também substituiu o anterior formato na gravação de áudio digital.

9 – DAT - Digital Audio Tape (Japão, 1987)
Inventado pela Sony, numa altura em que o CDDA (inventado em parceria entre a Sony e a Philips) estava em crescimento, pretendia substituir a Compact Cassette, da Phillips.

10 – ADAT – Alesis Digital Audio Tape (EUA, 1991)
Desenvolvido pela Alesis, o formato utilizava fitas de vídeo S-VHS. Era um produto dirigido, principalmente, aos home-studios. A gravação podia ser feita oito pistas por cassete.

11 – DTRS – Digital Tape Recording System (EUA, 1993)
Arquitectado pela Tascam, a divisão profissional da Teac, o formato suportava até oito pistas numa cassete Hi8.

AnexoTamanho
Image icon Ver a imagem em alta resolução5.16 MB