Projetos que nos surpreendem: OpenGD77

Separadores primários

Como já referi noutro post, os rádios que vulgarmente usamos para operar em DMR não foram pensados para uso no serviço de amador.
A sua popularização deve-se ao baixo preço, mas o reverso da medalha é alguma complexidade na configuração do Codeplug. Vale a experiência e partilha de vários radioamadores que constroem esses ficheiros de configuração. Para o utilizador comum, pouco dado à informática, acaba por ser confuso falar de Color Code, Time Slot, etc.
O radioamador atual tem de ter alguns conhecimentos básicos, ou um pouco mais... Vai necessitar de atualizar Firmware, Codeplugs, lista de DMR IDs, etc.
Para piorar, muito do software de controlo que vem com cada rádio é de desenvolvimento manhoso o que, por vezes cria alguma frustração nos amadores menos experientes.
Depois de tudo configurado, o DMR funciona satisfatoriamente, tendo em atenção a qualidade dos equipamentos.
Resumindo, o problema não está no sistema, mas nos equipamentos.
Existem pessoas que convivem com o problema e estão bem assim, outros entendem que devem ser a solução do problema, ou, pelo menos, contribuir fortemente para isso.
Um exemplo é o nosso colega australiano Roger Clark, que resolveu dar um melhor uso aos DMR chineses, transformando-os em verdadeiros equipamentos de amador.
O colega está a desenvolver um Firmware alternativo para os transcetores compatíveis com estes Firmwares OpenGD77, OpenGD77S, OpenDM1801 e OpenRD5R.
A ideia é desenvolver um Firmware alternativo, não comercial, ao original dos equipamentos Radioddity GD-77, e Baofeng DM-1801, que adiciona funcionalidades mais interessantes para o uso por radioamadores, e que não estão presentes no Firmware original.
O projeto é de código aberto, colaborativo e já existe uma equipa fortemente ativa no desenvolvimento deste Firmware, com atualizações muito frequentes, atenção à correção de erros e introdução de novas funcionalidades.
Duas características tornam este Firmware muito atrativo:
A possibilidade de usar os Radioddity como hotspots e a adição de prompts de voz para uso por deficientes visuais.
Esta última característica está a ser uma autêntica revolução entre os amadores cegos ou com baixa visão porque transforma equipamentos baratos em dispositivos totalmente acessíveis, coisa que dificilmente se encontra em transcetores de marcas sonantes.
O projeto está no GitHub e a base de conhecimento online é já substancial, com fóruns, site oficial e canais no Youtube.
Abaixo alguns links de interesse:

Certamente que voltaremos a este assunto mais vezes e iremos dando feedback dos novos desenvolvimentos.
Entretanto, vasculhem os fundos das vossas gavetas, não vá encontrarem algum destes equipamentos que, de repente, se transformarão em jóias!

Categoria livre: