Documentos históricos

Primeira transmissão de P1AE


PRIMEIRA TRANSMISSÃO DE P1AE


Um dos primeiros postos a emitir em 1924 foi o do Tenente Eugénio de Avilez, P1-AE.

Eugênio de Avilez foi o presidente da “Rádio Academia de Portugal”, uma associação que foi dissolvida em favor da “Sociedade Portuguesa de Amadores de T.S.F.” que acabaria, também, por encerrar. Fundou então a R.E.P. - Rede de Emissores Portugueses, em 1926.

Categoria: 

Ouvir TSF


OUVIR TSF



(28 Dezembro 1924)

Nos últimos dias tem-se notado uma grande actividade na aquisição de postos receptores de telefonia sem fio.

Foi a grande surpresa do Natal para os bebés, pois que não somente os papás passaram a ficar todas as noites em casa, como a felicidade entrou no lar que adquiriu um posto.

Categoria: 

A recepção da TSF em Nova York


RECEPÇÃO DA T.S.F. EM NOVA-YORK


Estou certo de que a maioria dos amadores portugueses vae ler com surpreza, talvez com incredulidade, a seguinte afirmação:

Durante um mês que estive em Nova-York tendo experimentado quasi diariamente com um aparelho de recepção, não ouvi uma interferência radio-telegrafica nem um assobio devido á reação de outro aparelho.

Categoria: 

Mudanças por que passa a rádio


MUDANÇAS POR QUE PASSA A RÁDIO


Não ha nada que mais prenda a nossa atenção do que a leitura das historias das assim denominadas sciencias. São elas cheias de extraordinárias aventuras sofridas pelos viajantes ao ”desconhecido”; repletas de insuperáveis dificuldades vencidas pela indomável coragem d’aqueles que buscavam a verdade; elas contam-nos os obstáculos quasi fanáticos levantados por aqueles para quem o conhecimento representava exposição ou mesmo degradação. Porém, ha em tudo isto algo de mais interessante, o conhecimento que pouco a pouco se obtém, e a eliminação consequente de hipotheses não estabelecidas. Os destroços dos naufrágios de teorias inúteis cobrem as praias dos mares da sciencia, e são só os marinheiros bem equipados que podem fazer face ás tempestades.

Como Marconi inventou a TSF


COMO MARCONI INVENTOU A T.S.F.


Um antigo estudante de Boulogne, condiscípulo de Marconi nesta Universidade, em 1894 o doutor d’Asteck-Callery que fazia parte duma Missão Inter-Aliada, tendo sido chamado para ahi dirigir uma serie de experiências delicadas e ensaios práticos importantes na costa mediterrânea, em Antibes, encontrava-se um dia no Cabo do mesmo nome, perto do farol com outros sábios, em vias de proceder á instalação dos seus aparelhos; quando ouviu o velho guarda do farol que, não podendo conter o seu espanto á vista desses aparelhos, exclamava:

“Ah ! mas eu já conheço isso! Sim, senhores já vi esses aparelhos, ou outros parecidos, quando tive em minha casa o senhor Marconi.” Intrigado, o doutor d’Asteck interrogou de parte o homem. O relato que ouviu dos seus lábios foi conservado integralmente por ele e publicado no órgão da imprensa madrilena, “La Libertad” de domingo 25 de Maio de 1924:

”Marconi chegou um belo dia do farol. Vinha recomendado por um amigo de Nice e trazia consigo os seus aparelhos. Disse-me que iria comunicar, por meio de certas ondas, que não eram do mar, com um outro seu camarada que se encontrava na Córsega, junto do Cabo Bonifácio, e que para esse fim tinham sido fixados entre eles, dias e horas precisas para a audição dos sínaes. Passou assim uma curta permanência a fazer experiências, alternando para esse efeito, as suas viagens do cabo d’Antibes a Nice. Uma estrada duns 8 quilómetros era o trajecto da gare d’Antibes ao Cabo.

Categoria: 

A nossa língua e a recepção de ondas curtas


A NOSSA LÍNGUA E A RECEPÇÃO DE ONDAS CURTAS


Varias são as denominações que se dão em português aos aparelhos. N’uns deturpa-se o próprio termo da origem, noutros empregam-se palavras portuguesas para os designar que não são justificáveis.

Categoria: 

A TSF na próxima guerra


A T.S.F. NA PRÓXIMA GUERRA



Sob este titulo e com a assinatura do professor A. M. Low, vice-presidente da ”RadioAssociation”, publica o jornal Reynolds um artigo do qual transcrevemos as passagens susceptíveis de interessar os nossos leitores. O professor Low é considerado como um dos mais brilhantes homens de sciencia da Inglaterra e foi ele que dirigiu os trabalhos de experiências das Forças Aéreas britânicas durante a guerra.

Categoria: 

Páginas