Videoclips

Dona Rosa, chegou a sua filha!

Na década de 30 e 40, em Portugal, os postos de rádio eram muito experimentais, fruto das limitações técnicas e do amadorismo reinante.

Dada a forma amadorística como tudo era feito, popularmente eram conhecidos como "minhocas", sendo vários os exemplos no cinema português da importância da rádio nesses anos, com descrições mais ou menos caricatas, mas muito próximas da realidade.

"O pátio das cantigas" é um desses exemplos. O "engenhocas" é um entusiasta da rádio, levando muito a sério o seu empenho em transmitir música para os vizinhos do bairro.

TSF - Toucinho sem febra

Extracto do filme "A menina da rádio". Cipriano tenta convencer os notáveis do bairro das vantagens de investir em publicidade na rádio.


Realizador - Arthur Duarte
Ano de Produção - 1944


Ficha Artística:
ANTÓNIO SILVA - Cipriano
MARIA MATOS - Rosa
RIBEIRINHO - Fortunato
MARIA EUGÉNIA - Geninha
ÓSCAR DE LEMOS - Óscar


Ficha Técnica
Realizador - ARTHUR DUARTE
Argumento - JOÃO BASTOS
Fotografia - AQUILINO MENDES
Produtor - COMPANHIA PORTUGUESA DE FILMES

Páginas


Faça um donativo!

Faça um donativo!

Agora é mais fácil com Paypal!

Com o paypal.me pode contribuir para o site em qualquer moeda e em qualquer valor com a segurança desta plataforma.

Clique aqui para ajudar com o que quiser, com o que poder.